Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.

Como otimizar e criar títulos para os produtos do seu e-commerce?


Como otimizar e criar títulos para os produtos do seu e-commerce?

Criar um título para produto no e-commerce é algo bastante simples. Segundo o E-commerce Quality Index (EQI), 97% dos produtos comercializados por lojas online brasileiras possuem títulos otimizados para buscas. Apesar disso, é comum encontrar discrepâncias. Enquanto alguns títulos contêm apenas 1 caractere, outros são gigantescos e podem ter até mais de 200! 

Na hora de criar o título para um produto, certas práticas podem dificultar que ele seja encontrado no Google, por exemplo. Imagine só o quanto deve ser difícil localizar um produto cujo título seja “40”, “Q” ou “M”?

Os títulos de produtos que realmente vendem no e-commerce seguem alguns padrões. E para te ajudar, este post traz formas de criar títulos informativos e confiáveis aos olhos do consumidor. Vamos lá?

Baixe a Lista!

Pesquise palavras-chave relacionadas

É importante oferecer uma experiência clara e concisa quando o usuário está pesquisando uma mercadoria. Isso quer dizer que os títulos de produto devem conter informações básicas e que podem ser compreendidas facilmente. Além disso, a palavra-chave ideal para o produto deve ficar no início do título. Isso porque pesquisas mostram que o olhar do usuário tende a se concentrar mais no lado esquerdo da frase.

Por exemplo, se a mercadoria em questão é um smartphone, o ideal é que o nome da categoria esteja presente no título do produto, de preferência no início. Assim, o texto e a imagem aparecem imediatamente para quem busca.

Incluir as palavras-chave de acordo com o volume de buscas é fundamental para que os produtos se destaquem no site. Embora isso pareça bastante intuitivo para o mercado de eletrônicos, outros segmentos podem necessitar de uma pesquisa de palavras-chave mais completa. E como fazer isso? Confira 3 ferramentas que podem ajudar:

Google Keyword Planner

É a ferramenta mais recomendada, pois mostra exatamente o volume de buscas no Google. Então, na hora de criar o título é essencial que você leve em consideração os termos mais buscados. 

SemRush

O SemRush funciona basicamente da mesma forma que o Google Keyword Planner. Você busca um termo no menu “Análise de palavra-chave” e a ferramenta vai te mostrar o volume de buscas, custo na pesquisa paga e concorrência.

Google Trends

O Google Trends também é interessante para esse tipo de pesquisa, principalmente para encontrar oportunidades de alavancar as vendas por sazonalidade. Você pode escolher o período que preferir em um período de 12 meses, podendo inclusive comparar com outros termos semelhantes.

Aproveite bem o espaço delimitado para o título do produto

Você sabia que para criar título para produto no e-commerce é preciso prestar atenção na quantidade de caracteres? O ideal é não ser tão minimalista, mas também não exagerar. De acordo com o E-commerce Quality Index, um bom título deve conter entre 20 e 100 caracteres

A pesquisa revela ainda que a média do e-commerce brasileiro gira em torno de títulos com 56 caracteres – um número bom para ser exibido em diversas plataformas e tamanhos de tela. Afinal, o e-commerce é mobile first!

O que você também pode fazer para deixar a sua marca já no título do produto é apostar em criatividade e personalização. Essa pode ser uma chance de se destacar da concorrência. Contudo, é importante utilizar as palavras-chave que o fornecedor orienta como extremamente importantes.

Aposte sem receio no SEO para e-commerce

Um dos pontos fundamentais para assegurar que o e-commerce tenha um bom desempenho é apostar em SEO (Search Engine Optimization). Afinal, quem não quer tornar o produto mais fácil de localizar e gerar tráfego para a loja virtual sem precisar investir altas quantias em anúncios patrocinados?

Por mais que pareça óbvio, uma das primeiras iniciativas de um usuário ao decidir fazer uma compra online é procurar pelo produto em sites de busca, como o Google. Como os títulos fazem parte da descrição básica de qualquer produto no e-commerce, é comum ficar em dúvida sobre utilizar ou não o mesmo conteúdo que outro varejista e correr o risco de receber uma penalização do buscador. Afinal, o fornecedor muitas vezes pode ser o mesmo. E agora?

Bem, segundo o próprio Google, não existe uma penalização para conteúdos duplicados desde que seja agregado algum valor adicional. Por exemplo: mesmo que o fabricante envie informações de títulos, descrições e imagens, isso representa apenas uma porcentagem do conteúdo da sua página, que terá um código HTML próprio e URLs independentes. Tudo isso mostra aos robôs do Google que trata-se de uma página diferente.

Otimize seu cadastro de produtos com tecnologia

Você sabia que existem ferramentas capazes de escalar seu cadastro de produtos e otimizar um dos maiores gargalos do e-commerce? 

O Placeholder é um ótimo jeito de acessar todas as informações dos produtos comercializados em um só lugar e diretamente de uma fonte confiável: o fornecedor. Lá, as marcas inserem as informações dos produtos, incluindo os títulos, é claro. Você pode acessar essas informações gratuitamente e integrá-las ao seu cadastro de produtos com poucos cliques!

Como você pôde ver, os títulos são o primeiro contato do consumidor com o produto, seja na loja online ou em algum mecanismo de busca. É a partir dele e de uma página de produto bem construída que o usuário entende se aquela mercadoria pode ou não resolver o seu problema, guiando para uma compra segura em que o consumidor está munido da maior quantidade de informações possível.

Agora que você já sabe como criar títulos de produtos no e-commerce, que tal descobrir novas formas de aprimorar a experiência dos seus consumidores? Baixe agora o EQI 2019!

Venda mais com o Olist

+ Nenhum comentário

Adicione o seu