correios ou transportadora qual escolher?

Não importa se está começando agora ou já tem experiência no e-commerce. Em algum momento, é comum que surjam dúvidas sobre os meios de entrega utilizados no negócio. Grande parte do sucesso depende dessa decisão, visto que a taxa de abandono de carrinho está diretamente relacionada ao prazo de entrega. Então, qual tipo contratar, Correios ou transportadora privada?

Isso é o que pretendemos esclarecer com o post de hoje. Descubra, a partir de agora, o que considerar para tomar essa decisão e faça uma escolha mais acertada para a empresa na internet!

Baixe a Lista!

O que considerar ao escolher entre Correios e transportadora privada?

Para ajudar você a tomar uma decisão consciente, listamos alguns fatores que devem ser considerados para fazer a análise e decidir qual alternativa é melhor em cada entrega. Confira!

Área de atendimento

A primeira coisa a fazer é descobrir se os Correios e a transportadora entregam a mercadoria no endereço do cliente. A abrangência dos Correios é maior, com atendimento em praticamente todos os lugares do Brasil. Aliás, eles realizam entregas em lugares em que a maioria das transportadoras não consegue chegar.

Muitas empresas também se recusam a fazer o transporte para locais considerados perigosos, onde o índice de acidentes e de roubos de mercadorias é alto. As que aceitam o serviço cobram muito para compensar os riscos.

Ou seja, o leque de opções das transportadoras é menor, limitando a área de atuação. Sendo assim, é preciso pesquisar as zonas que elas atendem antes de disponibilizar o tipo de frete para cada região.

Pesos e embalagens

Cada classe de produtos demanda tipos diferentes de embalagem. Mercadorias frágeis e de grande porte, como placas de vidro, precisam ser envolvidas em materiais macios e ter um invólucro rígido.

Esse processo, somado ao risco de quebra durante a movimentação, encarece o transporte. Aliás, algumas transportadoras se recusam a transportar mercadorias classificadas como muito frágeis, forçando o negócio a pagar mais por alternativas escassas de frete.

Também é importante considerar que os Correios não fazem o transporte de objetos muito pesados. O limite para o SEDEX é de apenas 30 quilos, enquanto que o PAC aceita entregas até 50 quilos. Uma geladeira, nesse caso, só pode ser entregue por uma transportadora.

Resumindo, quanto maior, mais pesado e mais frágil for a mercadoria, mais caro será o frete. Mesmo assim, é importante que a embalagem seja planejada com cuidado, para evitar avarias e proporcionar uma boa experiência de unboxing ao cliente.

Volume de envios

Em comparação aos Correios, que cobram taxas fixas por serviço contratado, as transportadoras oferecem pacotes mais flexíveis e preços com margem para negociação. Isso quer dizer que o frete pode ter um desconto proporcional à quantidade de mercadorias transportada na mesma viagem.

O número de contratações dos serviços também conta. Se o negócio realiza muitas entregas por meio da mesma transportadora ao longo do mês, é possível obter um desconto pela fidelidade, o que deve ser usado como estratégia para o ganho de competitividade do e-commerce.

Riscos na entrega

Todo tipo de transporte envolve riscos. São acidentes, greves, protestos e roubos que podem impedir o cliente de receber a compra com a nota fiscal. Por esses motivos, é importante contratar pacotes de seguros, para que os prejuízos com furto, perda e avaria sejam ressarcidos.

Tanto os Correios quanto as transportadoras oferecem uma opção de seguro básico, embutido nos serviços, mas que cobre apenas valores parciais. Se quiser um seguro completo, precisa contratar à parte.

Também deve-se considerar a possibilidade de greve dos Correios, que pode deixar o negócio e os clientes na mão. Então, na maioria das vezes, a transportadora é o meio mais adequado neste quesito.

Prazo de entrega

O tempo de espera é um dos fatores mais avaliados pelo consumidor na hora de confirmar a compra. Quem tem pressa até pode escolher um tipo de frete mais rápido, mas precisa pagar a mais por isso. Quem prefere esperar economiza, aguardando mais dias.

Se você tem contrato com os Correios, é possível oferecer serviços de SEDEX. O preço é elevado, mas a entrega costuma ser bem mais rápida. Agora, se o cliente estiver localizado nos estados do eixo Sul-Sudeste, por exemplo, a transportadora pode superar os Correios, entregando no mesmo prazo por um valor menor.

Resumindo, grande parte das entregas depende do nível de urgência que o cliente tem em receber, o que demanda um estudo técnico para cada caso.

Valor do frete

Como dissemos, na maioria dos casos o valor do frete está atrelado ao tempo de entrega. Mas não é só isso. Outros fatores pesam na cobrança. Os principais são:

  • Índices de violência urbana registrados nas cidades e bairros de entrega
  • Condições das rodovias que o veículo percorrerá
  • Tipo da mercadoria (frágil, como vidros)
  • Tamanho
  • Distância
  • Peso

Nos Correios, os fretes são tabelados. Já nas transportadoras, é possível para negociar com base no volume e valores, principalmente se a sua empresa construir um relacionamento de parceria com elas.

Então, qual opção escolher?

Para montar uma logística perfeita no e-commerce, você deve considerar trabalhar sempre com as duas opções e deixar que o cliente decida o que é melhor para ele.

Se puder incluir outras modalidades de entrega, não perca a oportunidade, pois a liberdade de escolha gera confiança ao consumidor na hora de confirmar a compra. Essa é uma estratégia que vem sendo adotada com sucesso pelos grandes players do mercado.

Ou seja, cada cliente tem uma necessidade diferente por preços e prazos, assim como cada tipo de mercadoria demanda embalagens e custos variados de frete. O ideal é que todas as situações possam ser atendidas adequadamente.

Por esses motivos, você não pode descartar nenhuma das opções. Assim, tenha um sistema de entrega flexível, equilibrando riscos com custos, para agradar o cliente e ganhar força competitiva.

Agora que já conhece a importância de escolher entre Correios e transportadora, use as nossas informações para oferecer um serviço com maior qualidade ao consumidor online!

Quais meios de entrega você usa no seu e-commerce? Compartilhe os seus conhecimentos e experiências conosco na seção de comentários!

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui