estoque parado como girar

Você sabe o que fazer com o estoque parado? Existem razões pelas quais as mercadorias não saem das prateleiras. Algumas delas são planejamento inadequado, falta de controle no inventário ou pelo preço do produto estar acima do praticado pela concorrência.

Os produtos com baixa rotatividade podem causar a redução do capital de giro e a perda de mercadorias — já que algumas têm data de validade — ou outros problemas para o e-commerce. Por isso, é importante definir quais ações tomar caso alguns itens fiquem por mais tempo no estoque.

A seguir, mostraremos o que pode ser feito para alavancar as vendas dos produtos que não estão com boa rotatividade. Continue a leitura!

Entenda por que o estoque pode ficar parado no e-commerce

Os fatores que dificultam a venda das mercadorias podem variar. Além dos motivos já mencionados, a falta de organização no estoque também contribui para esse problema, o que acarreta em custos desnecessários de manutenção.

Se esses itens não saem das prateleiras, ocupam espaço físico de outros produtos. Dessa forma, a empresa pode precisar de um novo lugar para o armazenamento de tudo o que há em estoque.

Outro problema que surge quando não há a saída de produtos é a redução no capital de giro da empresa. Isso acontece porque o retorno financeiro sobre o investimento feito na compra do produto só ocorre depois da venda. Dessa forma, sempre que as vendas caem, acontece a redução nesse valor.

Veja quais são as práticas para eliminar o estoque parado

Confira algumas sugestões para contornar esse problema e possibilitar que os produtos ganhem mais rotatividade.

Realize um diagnóstico

É preciso identificar os reais motivos pelos quais os produtos estão parados e verificar por quanto tempo eles estão ali. O ideal é sempre fazer o acompanhamento das mercadorias e analisar qual é o período de rotatividade.

Dessa forma, é possível identificar quais itens são mais atrativos e qual é a quantidade necessária de cada um em épocas determinadas, também conhecido como período de sazonalidade. Com base nessas informações, a empresa pode fazer um melhor planejamento de compras e ter um estoque mais organizado.

Faça acordo com fornecedores

Fazer parcerias com os fornecedores é outra estratégia para evitar prejuízos por ter estoque parado. Muitos aceitam a devolução de mercadorias que não foram vendidas e renegociam prazos de pagamento, diminuindo assim o impacto financeiro para o lojista.

Invista em campanhas nas redes sociais para movimentar o estoque

A utilização das redes sociais também é uma aliada na movimentação de produtos com baixa rotatividade. Elas podem ser usadas, por exemplo, para divulgar promoções e aumentar o número de seguidores e a possibilidade de vendas. Para isso, utilize imagens bem produzidas , adicione uma boa descrição do produto e faça uma chamada para ação.

Faça combos de produtos

Outra possibilidade é a venda casada de produtos. Ou seja, quando o consumidor se interessar por determinado item, faça a sugestão para a compra de outro com um desconto correspondente.

A venda de combos também é uma boa alternativa. Para que essa estratégia tenha a saída adequada, é preciso elaborar um mix de produtos que sejam complementares, como um kit para cabelos com shampoo, condicionador e creme de tratamento. Dessa forma, o consumidor verá a oferta como uma oportunidade imperdível.

Diversifique os canais de vendas

O avanço da tecnologia permite que lojas físicas e virtuais compartilhem o estoque. Com isso, há maior oportunidade de vendas, pois o consumidor pode fazer a compra do produto pela internet para retirar na loja.

O contrário também pode ser feito. O cliente compra na loja, por meio do vendedor ou pelo aplicativo, e solicita a entrega em casa. Entretanto, ao ampliar os canais de venda, é preciso muita atenção com relação ao controle de estoque.

Para uma boa integração entre loja física e online, é necessária uma atenção redobrada com o estoque. Um dos cuidados que se deve ter é com relação à quantidade de produtos disponíveis, pois, em caso de falhas, podem acontecer atrasos na entrega e prejudicar a imagem da loja.

Outra forma muito utilizada é cadastrar os produtos em diferentes marketplaces. Esses canais ajudam a aumentar as chances de que as mercadorias sejam encontradas com mais facilidade. Isso porque eles já têm um bom posicionamento no mercado, o que contribui para alavancar as vendas.

Faça parcerias com outras lojas

Uma estratégia eficiente é promover a venda em parceria. Ou seja, por meio da compra de um produto determinado, ganha-se desconto em outra mercadoria da loja parceira.

Portanto, faça parcerias com lojas que trabalhem com itens complementares. Se sua loja vende roupas, faça a união com outra que venda acessórios, por exemplo.

Investir em descrição de produto criativa e atrativa

Uma descrição de produto bem elaborada é capaz de atrair a atenção e o interesse do cliente. Por isso, invista na criatividade e pense em uma forma de fazer o consumidor desejar aquela mercadoria.

Criar vídeos com a demonstração dos produtos também é uma forma interessante de descrevê-los. Portanto, abuse dessa ferramenta e crie promoções arrasadoras para aumentar as vendas.

Resolva o problema de baixa rotatividade

Como vimos, existem razões que fazem os produtos não serem vendidos e, infelizmente, o estoque parado é uma realidade em muitos e-commerces. Entretanto, é possível resolver o problema ao adquirir boas práticas, como fazer um controle de estoque eficiente, desenvolver um planejamento de compras e organizar meios de divulgação para as mercadorias.

Gostou do nosso conteúdo sobre estoque parado? Então, confira neste post como a venda em marketplace ajuda a movimentar o estoque!

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui