Como fazer uma boa gestão do seu portfólio de produtos?

Como fazer uma boa gestão do seu portfólio de produtos?Uma tática imprescindível para quem sofre com o estoque parado, a falta de capital e a consequente queda nas vendas é a implementação de uma estratégia de gestão do portfólio de produtos do e-commerce. Isso significa organizar os itens da loja que devem ser expostos e os que podem ser retirados e garantir que os consumidores conheçam as ofertas.

Porém, isso é mais complexo do que parece: o foco é ir além de um simples cadastro de ofertas e, então, encontrar os itens que mais devem aparecer para os clientes. O trabalho eficiente de gerenciamento ganha relevância quando falamos em negócios que vendem artigos de segmentos diferentes.

Da atualização constante dos itens a serem vendidos até o que os principais concorrentes estão fazendo, tudo isso impacta diretamente o desempenho de vendas.

Quer entender sobre a importância de uma gestão eficiente do portfólio de produtos para e-commerce e saber como executá-la? Então, este artigo é justamente o que você precisa!


O que é gestão de portfólio e qual é a importância disso?

O gerenciamento do portfólio no e-commerce representa o trabalho de analisar, filtrar e escolher quais são os produtos para vender na loja. É possível modificar o que você oferecerá ao consumidor a partir da observação de como está a aceitação do público e das tendências do mercado — sempre fazendo de tudo para criar uma espécie de vitrine atrativa.

Afinal, por mais que você tenha um fornecedor de qualidade e ofereça itens relevantes, as vendas não acontecerão se, na prática, o que for exibido não for do interesse do usuário. É necessário entender quais são os itens que podem cativar a atenção, e não apenas ocupar um espaço de divulgação sem oferecer nenhum retorno.

Portanto, é um planejamento que passa pela definição de quais serão os itens a serem comercializados e também pela realização de outras tarefas, como categorizar os produtos do marketplace e atualizá-los constantemente. É preciso ter muita atenção em todas essas etapas, a fim de evitar estoques lotados com itens de pouca saída.

Quais práticas adotar para realizar uma gestão eficiente?

Quer saber o que fazer para ganhar eficiência, otimizar o portfólio e, assim, potencializar as vendas? Separamos algumas recomendações que podem ajudar você a fazer o cadastro das ofertas e organizá-lo. Confira!

Divida o portfólio em categorias

A segmentação é um conceito que vem ganhando cada vez mais relevância, uma vez que o consumidor quer facilidade para encontrar o que procura. Para um e-commerce, isso pode se traduzir em um trabalho de categorização dos produtos. Caso você venda aparelhos eletrônicos, divida a exibição dos itens de maneira eficiente, em subcategorias, como smartphones e monitores.

O objetivo é criar o máximo de detalhes possível para que o cliente encontre o que ele procura e não se sinta desmotivado. Sendo assim, a categorização é um recurso para facilitar a experiência do usuário e ajudá-lo a encontrar o que ele deseja, mas também uma maneira de as empresas divulgarem da forma certa.

Identifique os pontos fortes e fracos dos produtos

É importante, ainda, conhecer os pontos fortes e fracos dos itens comercializados. A partir disso, será possível analisar possibilidades de melhoria do que você tem a oferecer. Pode ser o momento ideal para encontrar novos fornecedores, por exemplo, ou até deixar de vender determinado item já que ele se tornou obsoleto ou não tem a mesma eficiência do comercializado pelo concorrente.

Analise as potencialidades de lucro

Outro ponto a entender é como funciona o mercado, de modo que se possa gerenciar o portfólio com eficiência. Faça estudos, pesquisas e análises sobre o que pode ser feito para aprimorar o catálogo. Por exemplo, ao identificar que um determinado item tem grandes chances de se transformar em lucro, você deve priorizá-lo na hora de organizar o portfólio.

Conheça o portfólio da concorrência

A disputa por clientes é sempre acirrada, sobretudo no meio digital. Por isso, é preciso acompanhar de perto o que os concorrentes estão fazendo. Não há nada de errado nisso e é uma forma de manter o portfólio sempre atualizado. A identificação de um ponto fraco em um competidor pode significar um bom momento para focar determinado produto. A partir disso, a loja pode criar um diferencial competitivo.

Mantenha o portfólio sempre atualizado

De que adianta realizar todo esse trabalho se o cliente não encontrar a lista de produtos atualizada? O impacto do portfólio só será positivo se você puder vender o que oferece. Caso contrário, não se cria uma demanda de vendas relevante para o negócio. Como consequência, o catálogo se tornará menos e menos atraente para os consumidores.

Qual é o resultado de uma boa gestão do portfólio de produtos?

A tendência ao fazer tudo o que recomendamos neste texto é de que oportunidades interessantes de negócio apareçam. Afinal, apenas os itens mais indicados para impactar o público passam a ser exibidos, e a loja saberá o que fazer para divulgá-los de modo certeiro. Mesmo as pessoas que ainda não conheciam o e-commerce começam a se interessar quando há um portfólio atraente.

O objetivo é conseguir atrair olhares e saber explorar os pontos positivos do que você tem a oferecer. A partir da opinião do consumidor que você tanto deseja impactar, o caminho da conversão é facilitado. Além disso, a necessidade de ter menos peças paradas no estoque e um melhor aproveitamento dos recursos tornam esse cuidado fundamental.

Além de conseguir gerenciar o portfólio de produtos da loja virtual, é muito importante saber descrevê-los bem. Por isso, saiba agora como criar uma descrição de produtos vendedora!

Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *