Plugin WooCommerce: quais são os melhores plugins?


Plugin WooCommerce: quais são os melhores plugins?

Plugins são grande aliados para potencializar o desempenho do seu e-commerce. Veja quais são os melhores plugins para lojas no WordPress.

O WordPress é uma das principais plataformas para estruturação de lojas virtuais virtuais, por meio do plugin WooCommerce para WordPress. Plugins são peças-chave para a construção e manutenção de um e-commerce. O próprio WooCommerce é potencializado com a adição de outras peças. Nesse post, vamos mostrar quais são os melhores plugins para loja virtual. Continue a leitura para saber mais!

O que é plugin e para que serve?

Os plugins são criados para facilitar a adição de novas funcionalidades no site, dando flexibilidade de personalização. Com eles você pode escolher os recursos e o visual que desejar, por exemplo. O plugin funciona como uma peça de Lego, que permite a você ir montando a loja online com o que precisar. Por isso, eles facilitam a adição de features à loja virtual, sem precisar trocar de plataforma ou mexer no código da aplicação – o que exigiria conhecimento em programação.

Com plugins é possível customizar elementos de layout, otimizar a navegação do usuário, inserir meios de logística, controles de estoque e pagamento, por exemplo. Já imaginou se para cada alteração dessas que você quisesse fazer você precisasse contratar um programador? 

Portanto, se você quer poupar recursos financeiros sem deixar de otimizar o seu site, inclua os seguintes recursos no seu e-commerce:

Checklist de quais recursos meu e-commerce precisa ter

São milhares os plugins disponíveis para instalação. Para o e-commerce funcionar com otimização e proporcionar ao consumidor uma boa experiência de compra, sua loja virtual precisa ter:

  • Tema com design responsivo: é a adaptação do site em diferentes formatos de tela. Quando a pessoa compra com um clique pelo computador e tem a mesma facilidade em comprar pelo celular, por exemplo, o site tem um design responsivo.
  • Lista de desejos: essa é uma sessão do site que salva os itens preferidos de uma pessoa. É semelhante à funcionalidade “favoritos” de navegador de internet. Com ela, é possível marcar um item como favorito dentro do site, sair dele e, quando retornar, ainda encontrar o item na lista. Assim, a loja pode enviar e-mails promocionais que incentivem a compra dos itens.
  • Atendimento ao cliente: em tempos em que os negócios são focados no cliente, ter uma ferramenta que possibilite a comunicação é essencial. Pode ser chat integrado, campo para envio de e-mail no próprio site ou atalhos para fazer ligações, por exemplo. Isso ajuda a manter o cliente dentro da loja. O prazo e a qualidade do retorno do atendimento têm impacto direto na impressão que o cliente forma sobre a marca.
  • Meios de pagamento: a pessoa interessada em um produto pode fazer a compra e o pagamento na hora. Assim, não é preciso esperar uma oportunidade para fazer depósito ou transferência bancária – o que pode desestimular a jornada de compra. Cartão de crédito estimula o pagamento imediato e boleto bancário gera compromisso de pagamento. 
  • Checkout transparente: uma continuidade de meio de pagamento, o checkout transparente é uma opção de alguns gateways. Ele deixa a tela de pagamento dentro do próprio site, sem redirecionar para o site da intermediadora ou banco. Com ele, o cliente fica na sua loja e tem uma experiência completa, do início ao final da compra. 
  • Frete e opções de envio: ponto importante na hora de clicar em “comprar” é saber quanto custa o frete. Ter uma calculadora de frete pelo CEP facilita isso para o cliente, que pode escolher entre diferentes opções de envio.

Quais são os melhores plugins para WooCommerce

Com WooCommerce instalado, hora de começar os trabalhos! Ou seja, isso significa buscar por plugins específicos para o WooCommerce que potencializem suas vendas e melhorem a experiência dos clientes.

1. JetPack for WordPress

Antes de divulgar sua loja virtual e receber visitas, seu site precisa estar seguro, e para isso serve o JetPack. O plugin funciona como um escudo, com recursos que dão segurança ao seu site. Com ele, seu e-commerce fica protegido de ataques e logins não autorizados, e você tem backups de todo o site, por exemplo.

2. Responsive Menu: 

Para proporcionar uma boa experiência em navegação, seu e-commerce tem que ser responsivo. O Responsive Menu pode ajudar com isso. O plugin deixa os menus do site responsivos nos diferentes formatos de tela – de computador, tablet e celular.

3. Social Login

Com tantas plataformas diferentes e integração das ferramentas, não faz sentido exigir um novo cadastro do cliente no momento do pagamento. O ideal é usar a integração que o Google e o Facebook disponibilizam para fazer o login no site. É o que fazem plugins como o Social Login.

O processo de compra fica mais prático e rápido, o que aumenta a chance de o cliente completar a compra. Além disso, você obtém informações sobre o perfil do consumidor. 

4. WP Social Chat 

É um diferencial ter atendimento online para criar relacionamento e tornar sua loja virtual mais atrativa para o consumidor. Para negócios em estágio de início, existem plugins que integram com o WhatsApp, como o WP Social Chat e o WhatsApp me. Ambos deixam o ícone do aplicativo no canto da tela com a mensagem que você escolher.

Para negócios maiores, que já usam CRM, integrar o site com o CRM é possível por meio de plugins do HubSpot, Zendesk e Intercom. Eles têm funcionalidades como criação de formulário de contato enviado diretamente para o seu sistema, criação de pop-up no site e chat.

5. TI WooCommerce Wishlist

Uma opção de lista de desejos, o plugin permite que visitantes salvem itens de interesse em duas listas. O TI WooCommerce Wishlist também tem a funcionalidade de compartilhamento. Assim a pessoa interessada pode compartilhar a lista com amigos, fazendo a sua loja virtual alcançar mais pessoas. 

Na versão paga, o visitante pode fazer múltiplas listas de desejo e configurar privacidade da lista. Além disso, você tem acesso a relatórios, maior personalização do botão e posicionamento dele no seu site e envio de e-mails para as pessoas que salvaram itens da lista de desejo.

6. Abandoned Cart Lite for WooCommerce

A pessoa olhou a loja, gostou de um produto, clicou em comprar, mas abandonou ele no carrinho? A princípio é uma perda, mas a taxa de abandono de carrinho pode ser uma oportunidade com a ferramenta certa. Certas ferramentas permitem identificar carrinhos abandonados por clientes cadastrados e enviar mensagens para eles, lembrando que o produto “ei, está esperando você!”. 

O Abandoned Cart Lite é um plugin para isso, que tem índice de 20% a 25% de compra dos carrinhos abandonados com o remarketing. Você define o período que considera abandono e personaliza um e-mail de contato. Então, o disparo é feito automaticamente a partir disso.

7. WooCommerce Correios

Para e-commerces que não trabalham com empresas privadas de logística, é de praxe o envio de produtos pelos Correios. O WooCommerce Correios faz cálculo de prazos e fretes em todas as modalidades de entrega dos Correios – nacional e internacional. Além disso, também mantém o histórico de encomendas e rastreamento, e faz consulta e autopreenchimento de endereços baseados no CEP. 

8. Juno para WooCommerce  

Para o consumidor comprar o item que gostou, você precisa de um gateway de pagamento que seja prático para o seu cliente e seguro para você. Com a Juno, o seu cliente compra na sua loja virtual com boleto bancário ou cartão de crédito com checkout transparente, sem ser redirecionado para outro site no momento do pagamento. 

O plugin conta com avaliação de condutas de risco, que detecta transações maliciosas para você não ficar no prejuízo. É possível acompanhar os pagamentos e fazer a transferência de valores direto no WordPress.

Como saber se o plugin WooCommerce está funcionando?

Antes da instalação de um plugin, olhe as avaliações para entender como ele roda em outros sites e agrega valor aos usuários. Aliás, essa é uma funcionalidade que você pode colocar no seu site com um plugin. Confira também na descrição se ele não necessita a instalação de outro prévio para funcionar.

Depois de instalados, é importante que você teste os plugins para conferir se eles estão funcionando da maneira desejada. Só nos testes você vai ter certeza que o plugin está funcionando sem dar conflito com outro, por exemplo. Identificando algum problema, você consegue fazer ajustes nas configurações para não interferir na experiência dos visitantes.

Os plugins são ferramentas que otimizam as vendas pela internet, deixando o site completo e com as funcionalidades necessárias. Portanto, não deixe de aproveitar todo o potencial deles para aumentar o faturamento da sua loja virtual!

Você usa outros plugins ou busca outro recurso para o seu site? Compartilhe com a gente nos comentários!

+ Nenhum comentário

Adicione o seu