terça-feira, 14 julho, 2020
Início Como começar a vender Veja 5 maiores vantagens de emitir notas fiscais no e-commerce

Veja 5 maiores vantagens de emitir notas fiscais no e-commerce

0

Veja 5 maiores vantagens de emitir notas fiscais no e-commerceA administração de uma loja virtual exige que os proprietários mantenham padrões elevados de atendimento e criem experiências agradáveis ​​para os clientes. No entanto, além de desenvolver um site bonito e adicionar ofertas exclusivas, os empreendedores também precisam reconhecer as vantagens de emitir notas fiscais no e-commerce.

Considerando as compras com fornecedores, contratações de funcionários, obrigações de plataformas (sites e marketplaces), é praticamente impossível operar sem um CNPJ. Sendo assim, a obrigação legal de emitir notas fiscais deve ser cumprida não apenas para proteger sua empresa de multas, mas também para transmitir segurança e profissionalismo aos seus clientes. Saiba mais sobre o assunto a seguir!


Conheça a regulamentação

De acordo com a Lei 8.846 de 21 de janeiro de 1994, qualquer consumidor pode exigir Nota Fiscal em suas transações. Ficam isentos da emissão fiscal apenas os Microempreendedores Individuais (MEI), que têm obrigatoriedade somente quando o destinatário do produto/serviço for outra empresa.

Caso essa obrigação seja descumprida, as empresas podem responder por crime tributário. Órgãos regulatórios, como o PROCON, são acionados para averiguar a situação do CNPJ e aplicar as medidas cabíveis. A pena para o crime de sonegação fiscal grave prevê prisão de dois a cinco anos, além de multa. O crime abrange as seguintes condutas:

  • Emitir documento falso
  • Fraudar a fiscalização tributária
  • Omitir informações
  • Alterar ou falsificar a Nota Fiscal
  • Negar a emissão do documento quando há a obrigatoriedade

Em casos de réu primário, a prisão pode ser evitada, porém, a multa aplicada chega a dez vezes o valor do imposto sonegado.

Alguns empreendedores consideram que não existe essa obrigatoriedade (ou fiscalização) para vendas online. No entanto, as plataformas de pagamentos virtuais registram os valores no CNPJ ou CPF do vendedor. Assim, a fiscalização é ainda mais rígida. Os principais tipos de notas fiscais brasileiras são:

  • NF-e (Nota Fiscal Eletrônica)
  • NFS-e (Nota Fiscal de Serviços Eletrônica)
  • NFC-e (Nota Fiscal Eletrônica do Consumidor)
  • CT-e (Conhecimento de Transporte Eletrônico)

A Receita Federal realiza as “checagens cruzadas”, em que não apenas o valor declarado na nota é considerado, mas também o valor declarado por quem recebeu.

Vale lembrar que as movimentações na sua conta-corrente também são analisadas. Por exemplo, se você tem um CNPJ e recebeu R$10 mil na sua conta bancária (seja PF ou PJ), sua empresa precisa ter declarado essa mesma quantia em notas fiscais.

Caso sua loja online seja descoberta, a multa estipulada é de 75% do valor total sonegado (além de juros moratórios). No entanto, se a empresa reconhece o erro e comunica a Receita Federal, a multa é reduzida para 20% do valor total.

Veja as vantagens de emitir notas fiscais

Muito mais do que respeitar a legislação, as NFs concedem uma série de benefícios. Veja abaixo os principais e como esse documento pode impactar suas vendas.

Credibilidade

Apesar do crescente número de usuários, o comércio eletrônico ainda é tratado com desconfiança por muitos compradores. Por isso, é fundamental oferecer garantias e provar que sua empresa está regularizada.

As notas fiscais servem como prova de que a transação foi legítima e os consumidores reconhecem a importância do documento em caso de trocas. Essa segurança incentiva novas vendas e a fidelização do cliente.

Prestação de contas

A Nota Fiscal comprova que todos os tributos foram recolhidos nas operações de compra e venda. Caso sua empresa seja alvo de uma fiscalização, esses documentos podem ser solicitados para análise. Ter um bom controle e armazenamento (preferencialmente digital) garantem a segurança da loja online.

Controle financeiro

As NFs concentram todas as informações de vendas, compras, trocas e devoluções realizadas. Com isso, elas podem ser usadas para controle e planejamento. Alguns exemplos:

  • Analisar desistências: comparar a receita esperada com o total faturado no período.
  • Avaliar fornecedores: com os dados de compras, é possível comparar parceiros e buscar as melhores soluções em frete e prazo de entrega.
  • Verificar padrões de vendas: o histórico fiscal da sua empresa pode mostrar padrões de compra, como ticket médio dos clientes, regiões de compra, períodos de alta e baixa, etc. Use esses dados para planejar melhor suas compras e promoções.

Logística

Todas as transportadoras do Brasil, inclusive os Correios, exigem a Nota Fiscal do produto. O documento é a garantia de que o pacote não será apreendido durante o transporte. Você também tem o seguro da mercadoria em caso de roubo ou danos aos itens.

É importante lembrar que apenas enviar a NF por e-mail ao cliente não é suficiente. Para facilitar a verificação, a NF deve estar anexada no lado de fora da embalagem, local em que são usados os populares envelopes transparentes conhecidos como cangurus.

Marketplaces

São os grandes pontos de vendas da internet e milhões de vendedores aproveitam a estrutura e o enorme tráfego desses sistemas. Mercado Livre e Amazon são os mais comuns, porém existem vários outros que podem ajudar sua empresa.

Se você pretende vender nos marketplaces brasileiros, precisa garantir o documento fiscal em todos os pedidos. Aliás, emitir Nota Fiscal é uma exigência básica para realizar o cadastro e continuar como parceiro.

Mesmo que seja possível enviar pedidos apenas com a declaração de conteúdo, a empresa ainda corre o risco de sofrer multas ou ter os produtos confiscados, devido à obrigatoriedade da emissão da NF. Lembre-se de que uma das vantagens de emitir notas fiscais no e-commerce é melhorar a reputação e fidelizar os clientes.

Confira os requisitos para emissão

Não há segredo, pois tudo o que você precisa para emitir sua primeira Nota Fiscal é:

  • Um CNPJ ativo e sem restrições
  • Um certificado digital
  • Um software especializado

Os MEIs também precisam do certificado digital para negociar com outras empresas, cuja função é provar a identidade e garantir a segurança do empresário. Você pode adquirir o seu pela internet em formato de arquivo ou cartão físico.

Para o software, existem inúmeras empresas com soluções no mercado. Leve o tempo necessário para estudar cada uma delas. Caso esteja começando, você pode optar pelo sistema gratuito do SEBRAE.

A legislação brasileira ainda é complexa e burocrática. Por isso, contar com um bom apoio contábil é essencial em todos os segmentos. Converse com seu contador para descobrir as melhores estratégias fiscais para sua área de atuação. Afinal, devemos cumprir todas as obrigações legais, mas pagar impostos desnecessários limita qualquer empresa.

Perceba como vale a pena emitir notas fiscais

Como pudemos ver, a emissão dos documentos fiscais supera os obstáculos e traz muito mais benefícios. Portanto, não coloque a operação em risco com práticas ilegais de comércio. Se você quer crescer e se destacar, trate a empresa e os clientes de forma profissional desde a primeira venda.

Existem várias formas de emitir Nota Fiscal, inclusive, pela plataforma do Mercado Livre. Se você já vende neste marketplace, ou pretende começar, veja agora como fazer isso!

Venda mais com o Olist

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui