10 erros básicos que vão quebrar sua loja virtual


10 erros básicos que vão quebrar sua loja virtual
5 (100%) 8 votos

10-erros-que-vao-quebrar-sua-Loja-Virtual

Começar um negócio virtual hoje em dia é algo que está acontecendo com muita frequência. Talvez porque eles sejam mais fáceis, mais rentáveis e demandem menos investimentos. Mas será que a gestão de um negócio virtual também é mais fácil do que a de uma loja física, ou os desafios são os mesmos?

Muitas vezes nos deixamos enganar pelas possíveis facilidades de um negócio virtual, mas elas podem ser igualmente desafiadoras de gerenciar e acabam falindo por alguns erros bobos de organização.

Conheça uma lista com alguns dos erros mais comuns que podem acometer o seu negócio e como passar por eles, mantendo a sua empresa de pé.

1.     Não possuir um plano de negócios

Este talvez seja um dos erros mais comuns que ocorrem  e que podem destruir a sua empresa. Não possuir um plano de negócios pode te induzir a tomar muitas decisões erradas (decisões financeiras e também de gasto de tempo). Ter um plano que seja bem desenvolvido te possibilita ter mais conhecimento dos seus negócios, resultando nas análises muito mais profundas das viabilidades que você possui nele.

Para evitar que isso aconteça, obviamente, você deve possuir um plano de negócios. Elabore um ou contrate alguém para fazê-lo para você. Este plano deve conter os seus objetivos, seus produtos a serem vendidos, a sua lista de fornecedores, o local do seu negócio, possíveis concorrentes e o capital inicial necessário para que ele se desenvolva.

2.     Não conhecer o seu mercado de atuação

Ao decidir abandonar o seu emprego anterior para se aventurar no mundo do empreendedorismo, muitas pessoas o acabam fazendo sem qualquer noção do que pode estar por vir. Ao abrir o seu próprio negócio virtual você precisa ter conhecimento e noção de qual será o seu mercado de atuação para, assim, adaptar as suas ideias às demandas advindas deste mercado.

Procure abrir o seu negócio virtual em áreas e nichos nos quais você já possua certo conhecimento prévio. Isso vai facilitar muito o reconhecimento de mercado e a adaptação a ele.

3.     Não separar as finanças pessoais das da empresa

Este é um dos erros que mais acontecem quando se é dono de uma empresa virtual. Para fugir deste monstro, você deve sempre deixar bem claro que as finanças da sua empresa e as da sua vida pessoal são coisas distintas e separadas e devem permanecer como tal.

Evite utilizar qualquer recurso do caixa da sua empresa na sua vida pessoal. O dinheiro da empresa é da empresa e ponto. Ele deve ficar em caixa para manter um fluxo positivo em uma possível queda das vendas, por exemplo.

4.     Ter funcionários mal capacitados

Ao abrir a sua própria empresa, é muito comum contratar amigos e familiares para te ajudar inicialmente. Mas isso também pode gerar problemas futuros. Por você tê-los contratado por laços afetivos e não por sua capacidade profissional, é bem possível que eles não consigam desempenhar a sua função com a mesma qualidade que uma outra pessoa capacitada para isso. Evite iniciar este tipo de relação e contrate funcionários por sua capacidade profissional.

Procure sempre investir na capacitação dos seus funcionários. Quanto mais atualizados e informados sobre a sua função eles forem, melhor a qualidade do serviço que será prestado.

contrate o olist agora mesmo

 

5.     Não ter um sistema de metas

Não ter metas estabelecidas no seu negócio pode ser uma das coisas que o levará à falência. É essencial ter este sistema aplicado, assim você tornará a sua empresa muito mais eficiente e digna de competição.

6.     Não ter um planejamento e conhecimento de riscos

Tomar decisões precipitadas e não possuir um planejamento pode ser um dos grandes geradores de prejuízo para a sua empresa, deixando sequelas muito graves e até irreparáveis. Realize ou contrate alguém para realizar um bom planejamento. Sua empresa com certeza vai sentir a diferença.

7.     Realizar empréstimo sem ter dinheiro para quitá-lo

Muitas empresas realizam empréstimos iniciais para ver o seu negócio funcionando logo, sem realmente pensar se poderão ou não arcar com os custos dele futuramente. Não faça isso. Se você está cogitando um empréstimo, analise os dados da sua empresa, o caixa e o seu planejamento. Só então, se você vir que conseguirá arcar com os custos, realize o empréstimo. Do contrário, não o faça.

8.     Não ser mais respeitado

Ter funcionários e colaboradores que não te respeitam como dono e chefe da empresa pode ser muito prejudicial para o seu negócio. Isso geralmente gera um descontentamento geral das pessoas no ambiente de trabalho, o que traz muitos problemas.

Tente sempre manter uma boa relação com os seus funcionários para que isso não aconteça. Ouça-os e trate-os com respeito e o retorno virá.

9.     Investir todo o dinheiro em um único objetivo

Não invista todo o dinheiro em caixa da sua empresa em uma única oportunidade. Nunca se sabe o que pode acontecer futuramente. E se o investimento não der certo? Lá se vai todo o seu dinheiro. Procure sempre manter os lucros da sua empresa investidos em locais separados. Isso garante mais estabilidade ao seu negócio.

10. Se achar o dono do conhecimento

Não aceitar sugestões dos seus funcionários e achar que é o único que realmente sabe como a sua empresa funciona é um dos piores erros que você pode cometer. Nunca ache que você é o dono da verdade. Muitas vezes os funcionários, por possuírem uma perspectiva diferente da sua sobre a empresa, podem oferecer diferentes pontos de vista e sugestões de melhorias que podem mandar os lucros da sua empresa lá para o alto.

A plataforma Olist pode te ajudar a lidar melhor com todos esses erros básicos listados, mantendo tudo organizado num único lugar. 



+ Nenhum comentário

Adicione o seu