10 filmes inspiradores que todo empreendedor deve assistir


10 filmes inspiradores que todo empreendedor deve assistir
5 (100%) 7 votos

10 filmes inspiradores que todo empreendedor deve assistir

Mais do que entretenimento, o cinema é uma boa fonte de inspirações. Milhares de filmes retratam histórias motivacionais, sejam elas de ficção ou baseadas na realidade. As temáticas são infinitas: há opções para quem quer, por exemplo, encarar o fim de um relacionamento, lidar com conflitos familiares ou até superar problemas como a depressão.

Com relação ao mercado de trabalho, não é diferente. O cinema narra histórias incríveis de pessoas que, apesar de todas as dificuldades, inovaram e conquistaram seu lugar ao sol. Pensando nisso, preparamos uma lista com 10 filmes e documentários incríveis que os empreendedores não podem deixar de ver. Confira a seguir!

Contrate o olist agora mesmo

O Sushi dos Sonhos de Jiro (2011)

A primeira indicação desta lista é um documentário inspirador, dirigido por David Gelb. O filme apresenta Juro Ono, um japonês de 85 anos, também conhecido como o mestre dos sushis. Ele é proprietário de um renomado restaurante, o Sukiyabashi Jiro, localizado em uma estação de metrô de Tóquio. O local, que recebeu diversos prêmios, serve pratos minuciosamente preparados e oferece aos clientes experiências gastronômicas únicas.

Extremamente perfeccionista, Juro Ono é exemplo de humildade, dedicação, disciplina e verdadeiro amor pela profissão. O japonês, que trabalha com sushis desde os 10 anos de idade, não perde o foco na busca pela receita perfeita. Para ele, o bom não é o suficiente. Por conta disso, O Sushi dos Sonhos de Jiro é um filme que com certeza irá motivar quem deseja empreender ou aprimorar seu negócio.

Startup.com (2001)

Esse outro documentário, de Chris Hegedus e Jehane Noujaim, retrata a meteórica trajetória da govWorks, empresa que propunha facilitar, por meio da internet, a relação entre a população e o governo. Fundada em 1998 por Kaleil Isaza Tuzman e Tom Herman, a companhia iniciou suas atividades com 8 funcionários e, em cerca de dois anos, ampliou a equipe para 250 pessoas.

A govWorks recebeu investimentos milionários e tinha tudo para crescer ainda mais, mas, por conta de erros gerenciais e falhas na execução do serviço, acabou falindo em 2000. Nesse sentido, o documentário apresenta os meandros do desenvolvimento de uma startup, expondo riscos e conquistas, e serve de guia em relação ao que deve e não deve ser feito. Startup.com é uma boa fonte de inspiração para quem está começando no mundo dos negócios.

De porta em porta (2002)

Esse é o filme perfeito para quem gosta de histórias de superação! Inspirado em um personagem real, o longa mostra as dificuldades enfrentadas por Bill Porter (William H. Macy), um homem com paralisia cerebral que, após muita insistência, consegue um emprego de vendedor. Por conta da deficiência, Bill precisa conviver com o preconceito, a rejeição e inúmeros outros desafios diários.

De porta em porta, dirigido por Steven Schachter, é emocionante, encorajador e repleto de ensinamentos. Bill Porter demonstra como humildade, paciência, determinação, disciplina e empatia são fatores essenciais a quem deseja alcançar seus sonhos. Se você está precisando de um ânimo extra, não deixe de assistir a esse filme.

Steve Jobs (2015)

Dirigido por Danny Boyle, o longa retrata três fases da vida de Steve Jobs (Michael Fassbender), sócio-fundador da empresa Apple e gênio da tecnologia: o lançamento do Macintosh, da NeXT e do iMac. Diferentemente de Jobs — outro filme sobre o norte-americano, lançado em 2013 –, a história não abrange apenas a vida profissional do personagem. Mais intimista, é focada também na vida pessoal dele.

Esse filme inspira empreendedores à medida que comprova como coragem, foco e persistência são essenciais ao sucesso de qualquer negócio. Também revela o impacto que o marketing tem sobre uma marca, já que Jobs sempre conseguiu cativar o público e a mídia, apesar de sua personalidade forte e polêmica.

A Rede Social (2010)

Ainda falando em tecnologia e pioneirismo, é impossível deixar de citar A Rede Social, do diretor David Fincher. A obra narra o processo de criação do Facebook e expõe os dilemas vividos pelo seu fundador, Mark Zuckerberg (Jesse Eisenberg), um estudante de computação de Harvard.

Com a proposta de levar as interações entre pessoas para o mundo virtual, o Facebook se tornou a maior rede social do planeta — a plataforma tem, hoje, mais de dois bilhões de usuários, conforme levantamento do grupo Statisa. Assim como em Steve Jobs, o filme demonstra que a genialidade não garante a consolidação de uma marca. Mais do que criatividade, é preciso ter extrema dedicação para colocar o sonho em prática.

Joy: O Nome do Sucesso (2015)

O mundo dos negócios não é feito só de homens. Pelo contrário: apesar de todos os desafios, o empreendedorismo feminino no Brasil cresceu 34% em 14 anos, chegando a 7,9 milhões de empresárias em 2014. Pensando nisso, não poderíamos deixar de lado filmes que retratam empresárias fortes e inspiradoras, como é o caso de Joy: O Nome do Sucesso.

Na obra, dirigida por David O. Russell, Jennifer Lawrence interpreta Joy Mangano, jovem divorciada e mãe de três filhos. Com uma vida difícil e repleta de conflitos familiares, ela acredita que seu destino é o fracasso. Entretanto, Joy inventa um esfregão revolucionário e, com ele, alcança o sucesso. O filme é uma emocionante lição de superação e encoraja mulheres que desejam entrar e se destacar no mundo dos negócios.

kit sucesso 2018

Coco Antes de Chanel (2009)

Mais uma personagem feminina real e inspiradora vem rechear nossa lista de indicações. Desta vez, o filme é sobre Coco Chanel, estilista francesa e criadora da empresa que leva seu sobrenome. Como o próprio título indica, a obra, da diretora Anne Fontaine, é focada na fase anterior à fundação da companhia e narra a vida pessoal da protagonista, incluindo a infância pobre e os relacionamentos amorosos.

Coco Chanel quebrou paradigmas ao revolucionar o guarda-roupa das mulheres, tornando-o mais confortável e incluindo nele roupas masculinas. Modelo de coragem, ousadia e determinação, a francesa redefiniu a moda mundial e, por isso, é uma grande inspiração às mulheres que empreendem.

Um Senhor Estagiário (2015)

O mote dessa comédia, dirigida por Nancy Meyers, é o choque de gerações no mercado de trabalho. Robert De Niro interpreta Ben Whittaker, um viúvo de 70 anos que é contratado como estagiário sênior de uma startup de venda de roupas online. A história gira em torno da relação dele com a CEO da empresa, Jules Ostin (Anne Hathaway), e com os colegas de trabalho.

O longa contrapõe a experiência “desatualizada” à jovialidade e inovação sem tanto conhecimento de mercado. A presença feminina no mundo dos negócios também é discutida, já que as angústias da chefe da empresa são expostos ao espectador. De forma leve e divertida, o filme dá lições de empreendedorismo, liderança, inovação, inclusão e empatia.

Something Ventured (2011)

Com direção de Daniel Geller e Diana Goldfine, Something Ventured é um documentário sobre homens de negócios do Vale do Silício. A obra apresenta a história de um grupo de investidores de grandes empresas de tecnologia, como Apple, Atari, Google e Intel, e explica como funciona o capital de risco nos Estados Unidos.

No longa, destacam-se características intrínsecas à personalidade desses profissionais. Ser visionário, ousado e criativo e ter ampla visão de mercado parecem ser requisitos básicos para se destacar no segmento tecnológico. Esse filme é ideal para aqueles que desejam expandir as fronteiras do próprio negócio e alcançar mercados liderados por empresas gigantes.

O Lobo de Wall Street (2013)

Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio) é um ambicioso ex-corretor da Bolsa de Valores de Nova York que começa a trabalhar com a venda de ações de pouco valor. Por meio de técnicas nem sempre honestas, ele enriquece rapidamente e passa a desfrutar de um mundo repleto de excessos, com muito dinheiro, drogas e mulheres. Essa é a premissa de O Lobo de Wall Street, longa baseado em uma história real e dirigido por Martin Scorsese.

Depois de ler isso, você pode pensar: “Por que eu deveria assistir a um filme que retrata a vida de um trapaceiro?”. Bom, apesar de ter sido preso por fraude e lavagem de dinheiro, Belfort passa lições importantes aos empreendedores. A primeira delas é: aproveite as oportunidades que surgem pelo caminho. Além disso, a narrativa comprova a importância de pensar positivo, ter uma boa visão do futuro, adotar estratégias para alcançar o sucesso e, claro, agir com ética.

Gostou da lista ou achou que está faltando algum filme? Compartilhe com a gente nos comentários!


+ Nenhum comentário

Adicione o seu