Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.

Como vender mais na internet: 48 dicas rápidas para sua loja virtual!


Como vender mais na internet: 48 dicas rápidas!

Como vender na internet é eficiente, prático e lucrativo, muitos lojistas têm trocado o varejo físico pelo online e investido cada vez mais forte no e-commerce. O potencial desse modelo de negócio é tão grande que ele teve um crescimento de 12% no Brasil entre 2017 e 2018, de acordo com o 39º Webshoppers, da Ebit|Nielsen.

No entanto, justamente por ser tão vantajoso, o e-commerce tem estimulado uma concorrência cada vez mais acirrada entre os lojistas. Hoje, as marcas que querem ser bem-sucedidas nas vendas online precisam oferecer diferenciais ao público e adotar as estratégias adequadas.

Pensando nisso, o Olist preparou uma lista com 48 dicas express sobre como vender mais pela internet. A partir de tais técnicas, você ficará muito mais perto de alcançar o máximo potencial da sua loja. Por isso, confira as recomendações abaixo e comece a aplicá-las nos seus negócios agora mesmo!

Conheça o Olist

48 dicas rápidas sobre como vender mais na internet!

1. Ter foco e persistência

Vamos começar com o princípio básico que deve reger todo empreendedor: é essencial que você seja focado e persistente nos seus objetivos. A trajetória de um lojista inclui muitos desafios, por isso essas duas características são tão importantes. Sem elas, dificilmente um lojista consegue alcançar o sucesso.

2. Proatividade é essencial

Outro atributo imprescindível a um bom lojista é ser proativo. Você terá que trabalhar duro para chegar ao topo, e para isso é preciso ter muita iniciativa e coragem. Nesse sentido, a proatividade abrange diversos aspectos, desde a dedicação para os estudos sobre varejo até o esforço para oferecer o melhor atendimento ao seu cliente.

3. Desenvolva uma boa estratégia comercial

De nada adianta ter uma ideia de negócio genial se a execução dela é ruim. Sendo assim, é crucial que a marca tenha uma estratégia comercial bem planejada, que abranja todas as frentes da empresa, de marketing à logística. Defina os objetivos, identifique seu público-alvo e avalie as ações mais adequadas para conquistar espaço no mercado.

4. Tenha a documentação em dia

Sempre confira se a documentação da sua loja está atualizada. Ao ter os documentos básicos regularizados, você evita problemas e pode vender com mais segurança. Entre os arquivos que merecem atenção estão CNPJ, alvará, Nota Fiscal e autorização de órgãos especializados (para produtos específicos), por exemplo. Veja detalhes aqui.

5. Trabalhe com categorias estratégicas

Trabalhar com categorias de alto potencial é muito eficiente para a loja vender mais pela internet. A recomendação, então, é pesquisar quais são os segmentos mais relevantes e as estratégias indicadas para cada um deles. Segundo o Webshoppers 39, as categorias de Perfumaria e Cosméticos, Informática e Casa e Decoração estão entre as que mais cresceram no e-commerce em 2018.

Os segmentos que mais cresceram no e-commerce em 2018, segundo o 39º relatório Webshoppers, da Ebit|Nielsen.
Os segmentos que mais cresceram no e-commerce em 2018, segundo o 39º relatório Webshoppers, da Ebit|Nielsen.

6. Conheça bem o seu segmento de atuação

Em complemento à dica anterior, é importante que você realmente conheça seu segmento de atuação. Em primeiro lugar, saiba quem são os concorrentes, os preços praticados, os produtos com maior demanda… A partir de dados como esses, você conseguirá lapidar a sua estratégia, se antecipar à concorrência e efetivamente satisfazer os seus clientes.

7. Selecione produtos de alta demanda

Se você quer ser bem-sucedido no e-commerce, comece a trabalhar agora mesmo com produtos de alta demanda. Vender itens que estão entre os mais buscados pelo público fará com que o faturamento e o fluxo de clientes da loja aumentem significativamente. Use como ponto de partida o Google Trends, a série Grandes Listas Olist e nosso post sobre os 597 produtos mais vendidos no Mercado Livre, por exemplo.

8. Monte um portfólio diversificado

Outra boa recomendação é diversificar o catálogo da sua loja. Ao mesmo tempo em que vender itens de grande demanda garante um alto fluxo de clientes, incluir produtos de nicho pode ajudar você a conquistar novos públicos. Por isso, invista em diferentes categorias e em segmentos estratégicos, conforme comentamos na dica 5.

9. Conte com bons fornecedores

Após definir as categorias e produtos com os quais a loja vai trabalhar, é hora de selecionar os fornecedores. Além de buscar um preço atrativo, também leve em consideração a procedência e a qualidade das mercadorias. Assim, você garante a satisfação dos consumidores e evita possíveis problemas. Aqui no blog, compartilhamos lista de fornecedores de eletroeletrônicos, celulares, brinquedos e muito mais.

10. Faça a precificação adequada dos produtos…

Caso a precificação dos produtos não seja feita de forma correta, as finanças da empresa podem ficar no vermelho. Portanto, considere sempre os seus custos e despesas, a margem de lucro definida e a média preço do mercado. A Planilha de Formação do Preço de Venda, do Olist, pode ajudar você nessa etapa!

11. …e tenha preços competitivos

O preço é um dos fatores que mais influenciam a decisão de compra do consumidor. Por isso, é extremamente recomendado que você aplique preços agressivos em determinados itens, pensando justamente em atrair clientes e vender mais. Porém, faça isso de forma planejada, seguindo as dicas que listamos no tópico anterior.

12. Mantenha as finanças em dia

Nesta dica, queremos reforçar a importância de ter rigor com as finanças. Acompanhe de perto o desempenho financeiro do seu negócio para evitar surpresas desagradáveis e poder agir com previsibilidade. Além disso, dependendo do contexto da sua loja, contrate um profissional de contabilidade para auxiliar você nesse processo de gestão.

13. Reforce o estoque das mercadorias

Para manter a operação nos trilhos, é essencial que você tenha um estoque adequado para cada mercadoria. Ter esse controle azeitado é importante para que não haja ruptura de estoque nem excesso de mercadorias. Avalie a demanda dos itens do seu portfólio e entenda quantas unidades são necessárias para suprir a necessidade do público.

14. Crie anúncios caprichados

Esta dica é preciosa: criar anúncios de alta qualidade pode elevar muito a visibilidade dos produtos do seu e-commerce. Lembre-se que eles funcionam como o cartão de visitas da loja. Nesse sentido, os fatores mais importantes são o título, a descrição e a imagem cadastrados. Aprenda a fazer o cadastro perfeito neste e-book exclusivo!

15. Ofereça um atendimento incomparável

Atendimento ruim espanta clientes, e isso não deve ser novidade para você. Mesmo assim, vale reforçar: tente oferecer a melhor experiência possível aos consumidores da sua loja. Dedique atenção, procure entender as reais necessidades do cliente e sempre aja com educação. Com isso, além de fidelizado, ele se tornará promotor da sua marca!

16. Faça promoções imperdíveis

Os clientes adoram uma boa promoção, então aproveite isso para vender mais na internet. Ofereça descontos atrativos, crie campanhas temáticas, dê brindes, faça queimas de estoque, enfim… Use a sua imaginação para cativar o público! Confira nosso texto com 43 ideias e frases para sua loja atrair clientes!

17. Dê descontos progressivos

Ainda em relação à dica anterior, uma ideia interessante é oferecer descontos progressivos de acordo com o valor da compra. Ou seja, quanto mais o cliente gasta, mais desconto ele ganha. Os resultados disso são o giro de estoque e o aumento do faturamento e do ticket médio da loja.

18. Monte kits de produtos

Mais uma ação promocional que pode melhorar o ticket médio da sua loja é montar kits de produtos. Agrupar mercadorias que tenham características em comum é uma ótima maneira de incentivar o consumidor a comprar mais. Quando um cliente compra um peça de roupa, por exemplo, a loja pode indicar outra peça que combine com o look.

19. Envie brindes

Uma técnica útil para conquistar o carinho do público é o envio de brindes, que podem ser produtos da loja, vouchers de desconto, itens decorativos ou coisas do tipo. Ofereça o benefício em compras acima de determinado valor ou para clientes mais antigos, por exemplo. Essa é uma ótima ação para fidelizar os seus clientes!

20. Aproveite grandes datas comemorativas

Ocasiões comemorativas são oportunidades maravilhosas para o comércio eletrônico. O público aproveita essas datas tradicionais – como Dia das Mães, Dia dos Namorados e Natal, por exemplo – para presentear pessoas especiais. Porém, não se restrinja a elas: aproveite também datas como Black Friday, Cyber Monday e Boxing Day!

21. Use as tendências a favor da sua marca

Como acabamos de falar, datas comemorativas são muito benéficas para os negócios. No entanto, o campo de oportunidades pode ser ainda maior caso você considere outros acontecimentos especiais. Em outras palavras, use lançamentos de filmes, festivais de entretenimento e eventos similares como pretexto para fazer promoções!

22. Ofereça frete grátis em determinados casos

Mais uma estratégia eficiente para aumentar as vendas pela internet é oferecer frete grátis aos clientes. Entretanto, isso deve ser feito de forma sustentável para não prejudicar as finanças da empresa. Você pode disponibilizar o benefício em compras acima de determinado valor ou em dias específicos, por exemplo.

23. Ingresse nos marketplaces

Nós do Olist somos especialistas em marketplaces e podemos afirmar, com toda certeza, que eles são excelentes canais para os lojistas anunciarem seus produtos. Os marketplaces funcionam como grandes vitrines online, nas quais milhares de lojistas podem divulgar seus produtos. Ou seja, alta visibilidade, tráfego qualificado e custos reduzidos são algumas das vantagens desses canais. Conheça outros benefícios dos marketplaces.

24. Anuncie em sites de nicho

Ainda falando de marketplaces, uma alternativa para a sua loja vender mais é investir em sites de nicho. A partir disso, você pode encontrar novos públicos, conquistar ainda mais destaque e aumentar a taxa de conversão. Sites como Elo7 (artesanato), Dafiti (moda) e MadeiraMadeira (Casa e Decoração) são exemplos de marketplaces de nicho.

25. Venda com o Olist

O Olist é o caminho mais fácil para anunciar em vários marketplaces de uma vez só. Já temos cerca de 5.000 parceiros e estamos presentes em mais de 10 grandes sites, como Mercado Livre, Amazon, Carrefour e Ponto Frio. Com nossa alta reputação e tecnologia avançada, os lojistas ganham destaque nos sites e otimizam a operação online. Por isso, vender conosco é uma ótima forma de turbinar o faturamento! Conheça o Olist.

26. Valorize o pós-venda

A venda não acaba quando o consumidor paga pelo produto. Para garantir a satisfação do público, também é preciso dedicar atenção ao pós-venda. Em caso de dúvidas, reclamações ou devoluções, por exemplo, ofereça um suporte ágil e eficaz. Além disso, aproveite tal etapa para conquistar o coração dos clientes – saiba como a seguir.

27. Proporcione uma unboxing experience memorável

Uma tática eficientes para conquistar o cliente no pós-venda é proporcionar uma boa unboxing experience. O unboxing é, em resumo, o ato de o consumidor abrir a caixa da encomenda – momento repleto de expectativa. Para usar tal etapa a favor da sua loja, envie recados de agradecimento, use embalagens bonitas e borrife fragrâncias na caixa.

28. Invista na logística da loja

Saiba mais!Um ponto crucial para o sucesso de uma loja virtual é o desempenho logístico. Fatores como valor de frete e prazo de entrega influenciam a decisão de compra dos clientes e estão diretamente ligados à satisfação deles. Por isso, melhore a logística da sua empresa investindo em parcerias com diferentes empresas de transporte, por exemplo.

29. Respeite o Código de Defesa do Consumidor

Cumprir as regras do Código de Defesa do Consumidor (CPC) deve ser uma premissa de qualquer loja online. Do contrário, a empresa estará prejudicando os clientes e irá sofrer punições. Portanto, tenha sempre em vista questões como publicidade enganosa, direito a arrependimento de compra, garantias de produtos etc. Veja detalhes neste post.

30. Tente ao máximo fidelizar os consumidores

Nunca esqueça que um dos maiores objetivos da sua loja deve ser fidelizar os consumidores. Mais do que fazer uma simples aquisição, o público fidelizado passa a fazer compras recorrentes e torna-se promotor da marca. Por isso, desenvolva ações que engajem os seus clientes, transformando-os em verdadeiros fãs!

31. Busque feedbacks do público constantemente

Use os feedbacks do público como base para a evolução e amadurecimento da sua empresa. Entenda como os clientes enxergam a sua marca e como foi a experiência de compra deles. Para isso, estimule reviews, envie questionários de avaliação e, o mais importante, use as respostas para aprimorar a sua operação.

32. Peça para que os clientes indiquem a sua loja

Junto ao que foi sugerido na dica anterior, incentive clientes satisfeitos a indicarem a sua marca para amigos e conhecidos. Inclua no seu e-commerce e nas plataformas de comunicação botões para compartilhar ofertas e realizar convites, por exemplo. Outra possibilidade é oferecer vantagens para quem trouxer outros clientes por indicação.

33. Aproveite o potencial das redes sociais

As redes sociais oferecem um gigantesco potencial de negócio para os lojistas. Por meio delas, você divulga seus produtos e estreita o relacionamento com clientes gastando muito pouco. Por isso, monte uma estratégia de comunicação para as plataformas mais adequadas para sua marca, como Facebook, Instagram, WhatsApp e LinkedIn.

34. Invista em mídia paga

Somado à divulgação nas redes sociais, o investimento em mídia paga pode agregar muito às vendas da sua loja virtual. Usar ferramentas como Google Ads e Facebook Ads é bastante indicado para quem deseja construir uma estratégia digital robusta. Por isso, avalie destinar parte da sua verba de marketing para campanhas pagas.

35. Faça marketing de conteúdo

O marketing de conteúdo também é uma alternativa interessante para a divulgação da marca. Essa estratégia estimula o engajamento do público por meio de conteúdos relevantes relacionados ao segmento da loja. Na prática, a marca produz textos, e-books e outros tipos de materiais para a educação do cliente e futura conversão. Saiba mais.

36. Busque bons profissionais para trabalhar com você

Para construir um negócio bem-sucedido no e-commerce, o ideal é que você conte com uma equipe bem capacitada. Mais do que auxiliar você com questões técnicas, elas ajudarão a manter o DNA da empresa sempre vivo. Reforce o time de colaboradores com profissionais de diferentes áreas, como marketing, financeiro e recursos humanos.

37. Acompanhe notícias de mercado

No começo da lista, destacamos a importância de o lojista ter proatividade e conhecer seu segmento de atuação. Nesse aspecto, um caminho prático para adquirir conhecimento é acompanhar notícias do mercado, seja por meio de jornais ou de veículos especializados. Assim, você se mantém informado e se antecipa a tendências.

38. Consuma conteúdos online sobre e-commerce

Além de notícias de mercado, você também deve de consumir conteúdos online sobre o comércio eletrônico. Aproveite a praticidade da internet para se aprofundar em assuntos relacionados aos seus negócios e se tornar um lojista cada vez mais profissional. O Blog Universo Marketplace e a newsletter do Olist são exemplos de fontes úteis, então não deixe de conferi-las!

39. Faça cursos relacionados ao tema

Buscar cursos relacionados a comércio, e-commerce, tendências de mercado e temas afins também pode ajudar você a aumentar ainda mais as vendas. O seu ponto de partida pode ser os Cursos Express do Olist. Além de online e gratuitos, eles são focados em vendas online e marketplaces. Acesse esta página e inscreva-se!

40. Leia livros sobre empreendedorismo e vendas…

Ler livros sobre empreendedorismo, varejo, e-commerce e gestão é mais uma forma eficiente de se manter sempre em evolução. Para vender mais na internet, você deve estudar o assunto e aprender técnicas de negócio. Por isso, separe um tempo da sua semana para se dedicar à leitura. Aqui listamos várias sugestões de livros sobre vendas!

41. …e assista a filmes inspiradores!

Uma motivação extra é sempre bem-vinda, não é mesmo? Então aproveite seu tempo livre para ver vídeos e filmes inspiradores sobre empreendedorismo. Manter esse tipo de hábito vai ajudar você a descansar e encarar os desafios com mais tranquilidade e confiança. Confira esta lista com 10 filmes inspiradores que todo lojista deve assistir!

42. Inspire-se em quem é referência

Steve Jobs, Jeff Bezos, Bill Gates, Robinson Shiba, Luíza Trajano… O que esses nomes têm em comum? Todos eles pertencem a grandes empreendedores. Pensando nisso, aprofunde-se na trajetória de quem é referência no varejo e no e-commerce e inspire-se nos conselhos desses grandes profissionais para vender mais.

43. Realize benchmarks com regularidade

Ainda na linha de seguir quem é referência, recomendamos que você faça benchmarks com empresas que tenham similaridades com a sua. Em outras palavras, isso significa aprender com quem já passou pelo que você está passando. Fazendo benchmarks você conseguirá esclarecer dúvidas sobre assuntos bem específicos dos negócios.

44. Participe de eventos do setor

Para ter contato direto com empreendedores de sucesso, a dica é participar de eventos e encontros relacionados a varejo e e-commerce. Dessa forma, você conseguirá ficar por dentro das tendências, aprender com especialistas, divulgar a sua marca e fazer networking. Nesta página compartilhamos dezenas de eventos relevantes da área.

45. Busque parcerias com outras lojas

Esta dica tem o objetivo de ajudar você a conquistar espaço no mercado e alcançar novos públicos. Construir um relacionamento com outras empresas do setor favorece o aumento do fluxo de clientes da loja. Por isso, invista em parcerias! Lojistas que trabalham com o mercado fitness podem se tornar parceiros de academias, por exemplo.

46. Fique de olho na concorrência

Começamos este texto explicando que, por conta do alto potencial de negócio, a concorrência no e-commerce está cada vez mais acirrada. É por isso que reforçamos: fique atento aos seus concorrentes e não os subestime. Acompanhe os preços praticados, produtos anunciados e táticas de venda e saiba agir com rapidez para não perder espaço.

47. Analise as métricas e os resultados

Alcançar os resultados tão esperados é o objetivo de toda empresa, mas para isso é preciso acompanhar de perto a evolução das métricas da empresa. A partir de números e dados concretos, a sua loja ganha eficiência, se torna mais inteligente e consegue otimizar processos. Entenda detalhes neste post sobre Business Intelligence.

48. Tenha autocrítica

Por fim, exercite a sua autocrítica. Muitas vezes, os lojistas ignoram a realidade dos negócios e, por essa razão, acabam se prejudicando. Nesse sentido, reconheça os pontos fortes e fracos da loja e use tais reflexões como base para otimizar a sua estratégia. Isso garantirá a saúde da sua empresa e o tornará um profissional melhor.

Siga as dicas deste post e venda MUITO MAIS pela internet!

Parabéns para você que chegou até aqui! Buscar estratégias para otimizar a operação da sua loja é o primeiro passo para você vender mais e alcançar seus objetivos. Ao se aprofundar em temas relacionados ao e-commerce, você vai se tornar um especialista no assunto. Só não esqueça de colocar em prática os aprendizados adquiridos. Então mãos à obra e sucesso nas vendas! E conte com o Olist para vender muito nos marketplaces!

Este texto foi útil? Compartilhe sua opinião nos comentários!

Venda mais com o Olist

+ Nenhum comentário

Adicione o seu