O caderninho de vendas está prejudicando a sua loja!

O caderninho de vendas está prejudicando a sua loja!Controlar as vendas pelo caderninho é o barato que sai caro. No dia a dia pode até ser prático, mas a falta de um controle mais organizado prejudica a satisfação do seu cliente, diminui oportunidades de venda e traz dores de cabeça, além de travar o seu potencial de crescimento.

Pensando nisso, preparamos este post explicando por que usar o caderninho de vendas pode atrapalhar o seu negócio e quais são os principais impactos negativos dessa prática. Confira tudo isso a seguir e abandone o bloco de anotações o mais rápido possível!


Como o caderninho de notas pode afetar a satisfação dos clientes e as vendas da loja

Você provavelmente está se perguntando: “Como assim meu cliente vai ficar insatisfeito porque eu controlo minhas vendas no papel e caneta? Uma coisa não tem nada a ver com a outra!”. Realmente esse argumento pode não fazer tanto sentido em um primeiro momento, então vamos contar uma história para ilustrar melhor o contexto: 

Imagine que você é o dono de uma distribuidora de bebidas no seu bairro e sempre atende consumidores da região. Um desses clientes é o Gerson. Ele  costuma passar na sua loja aos sábados porque toda semana faz um churrasco para família e amigos. Vamos supor que ele chegue na distribuidora pedindo pela cerveja A, mas ela acabou e agora só há unidades das marcas B, C, D e E. 

São várias opções, mas  não eram elas que o seu cliente queria. Pode ser que não haja problema nas primeiras vezes que a cerveja A faltar, porém conforme isso for se repetindo, o Gerson vai decidir trocar a sua distribuidora pelo supermercado mais próximo. Até aqui talvez o problema não seja tão grande, afinal o Gerson é apenas um dos seus clientes. Mas e se essa situação estiver acontecendo com dezenas de consumidores que costumavam comprar com você?

Já que todas as vendas estão no caderninho, é difícil identificar isso. Afinal, vamos ser honestos: de quanto em quanto tempo você consegue parar para fazer uma análise das suas anotações?

E quando dizemos fazer uma análise não nos referimos a apenas  somar tudo no final do dia. Para evitar o problema da história que contamos, você teria que checar uma série de informações, como as que listamos a seguir:

  • Quem foram os clientes que mais compraram na sua loja?
  • Quem são os que estão comprando menos do que antes?
  • Quais produtos têm maior saída? 
  • Quais estão há mais tempo parados? (Imagine o custo disso!)
  • Quais itens estão sem estoque há mais tempo?

A  situação acima é apenas um exemplo do “problema invisível” de usar o caderninho. Porém, existem outros desafios que são ainda mais explícitos. Por isso, fique atento: seu  negócio pode estar perdendo dinheiro neste exato momento sem você ter se dado conta!

Outras possíveis dores de cabeça 

O seu caderninho é um controle muito pessoal, e é possível que você consiga se virar bem com esse formato. Mas a questão é que, no longo prazo, você não será a única pessoa a gerenciar as vendas da sua empresa, certo?

Digamos que você decida incluir o seu filho no negócio, por exemplo. Será que ele vai entender bem o método de registro das vendas? O simples fato de ter mais uma pessoa anotando as saídas pode bagunçar bastante as coisas.

Ou então imagine que apareça alguém disposto a comprar a sua loja por uma boa quantia de dinheiro. Certamente essa pessoa vai querer analisar os números antes de fechar um acordo, e papel e caneta talvez não passem tanta credibilidade nesse momento. Pense em como seria complicado ter que passar tudo do seu caderninho para alguma outra forma de controle quando uma situação parecida acontecer…

O potencial de crescimento

O último ponto de reflexão é sobre como esse controle manual pode estar travando o seu desenvolvimento. O raciocínio é muito simples: o que faz você lucrar mais é  vender em grande quantidade e de maneira mais rápida produtos que tenham a maior margem possível. Para aumentar a margem nas vendas de um produto, o caminho mais simples é diminuir o seu custo de compra junto ao fornecedor, e uma das maneiras de fazer isso é comprar itens em quantidade. 

O problema disso é a possível falta de capital de giro para aumentar tal volume. Muitas vezes, o lojista não tem capital justamente porque ele está parado em produtos que permanecem muito tempo no estoque – produtos que têm menos giro.

Ou seja, se você conseguir identificar quais produtos giram mais rápido e quais ficam mais tempo parados, pode liquidar os itens que vendem menos e melhorar o seu poder de barganha. Como consequência, você aumenta a margem em cima das mercadorias que trazem maior faturamento. Perceba que a única coisa que impede você de chegar mais longe é a falta desse tipo de análise.

Abandone o caderninho de vendas e chegue mais longe!

Anotar tudo no caderninho pode parecer mais fácil e barato para quem está começando a empreender. Porém, isso acaba impedindo o lojista de ter acesso a informações que podem fazer toda a diferença na lucratividade do negócio. Nesse caso, a melhor solução é usar um sistema de vendas que forneça os dados mais importantes de maneira simples e prática.

Abandone o caderninho de vendas e chegue mais longe!
Abandone o caderninho de vendas e chegue mais longe!

Pode ser que o termo “sistema de vendas” já te faça pensar em uma série de complicações como custo, implantação e dificuldade de uso. A boa notícia, entretanto, é que já existem opções gratuitas e muito dinâmicas no mercado! Nós falamos mais sobre isso neste artigo. A leitura é rápida e pode fazer toda a diferença para a sua loja vender mais!

Aproveite e descubra se você está perdendo vendas por não anunciar na internet!


Posts Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *