A importância da logística reversa para e-commerces


A importância da logística reversa para e-commerces
5 (100%) 1 voto

A-importância-da-logística-reversa-para-e-commercesMuitas empresas já adotam a logística reversa em seus processos. Mesmo que seja para os produtos — ou parte deles — e embalagens (como no caso dos cascos que retornam vazios para as indústrias de cerveja). Ou até mesmo para a reciclagem e para o descarte correto dos materiais. No entanto, algumas empresas de e-commerce ainda não aderiram à essa prática e muitos empreendedores até mesmo a desconhecem.

Quer saber mais sobre a logística reversa para e-commerces e a sua importância para um negócio? Confira abaixo!

O que é a logística reversa para e-commerces?

De forma resumida, podemos dizer que a logística reversa para e-commerces é o processo pelo qual o fluxo dos produtos — ou parte deles — e das embalagens é gerido desde o ponto do consumo até o local de sua origem. A ideia é praticar o pós-venda e efetuar o retorno dos produtos/ embalagens até a empresa ou, quando isso não é possível, fazer com que esses materiais sejam destinados a locais de reciclagem.

A logística reversa para e-commerces também ocorre quando há a devolução dos produtos por parte do cliente ou por parte dos erros de expedição. Alguns dos principais motivos para que as companhias adotem esse processo são: a redução de custos com matéria-prima e/ ou embalagens, maior satisfação dos consumidores, cumprimento de legislação ambiental e a conscientização dos problemas ambientais.

Como ela é viabilizada?

Pelo que foi dito, é possível assumir que a logística reversa para e-commerces é como o fluxo contrário da distribuição de produtos até o consumidor final. Quando ela é necessária, normalmente é realizada aproveitando os veículos que, caso obedecessem o fluxo normal, voltariam vazios para as empresas.

contrate o olist agora mesmo

Como no caso de retorno de embalagens de bebidas, em que os veículos aproveitam as entregas para recolher as embalagens vazias. Contudo, para que as empresas consigam aplicar esse sistema, é necessário ter o cuidado de planejar e de conseguir lidar com essas demandas — que são cada vez mais crescentes no mercado.

Para isso, geralmente, é preciso melhorar as estruturas de transporte — como o planejamento das rotas para atender, tanto ao fluxo normal quanto ao fluxo reverso, por exemplo. Além disso, ter uma boa estrutura de estoque (para o caso de realocar as devoluções sem causar furos no inventário) e ainda ter a preocupação de garantir a satisfação dos clientes, oferecendo esse serviço como mais uma opção de pós-vendas.

Qual é a importância da logística reversa para e-commerces?

O mercado de e-commerce está em constante expansão e prova disso é que, hoje, é bem mais fácil encontrar pessoas que realizam compras pela internet. Por outro lado, a concorrência é cada vez mais acirrada e os clientes se tornam mais exigentes.

Nesse sentido, podemos dizer que um dos pontos principais da logística reversa para e-commerces está ligada à satisfação dos consumidores e à experiência que esses clientes possuem com a marca. Isso porque, não raro, o processo de devolução de compras acaba ocorrendo e, diferente das trocas em lojas físicas, os clientes não têm como se dirigir a um estabelecimento para efetuá-las.

Por isso, implantar um processo de logística reversa para e-commerces e garantir que os produtos sejam recolhidos — sob responsabilidade da empresa — em caso de troca é uma forma de conseguir obter um diferencial competitivo. Assim, você aumenta a satisfação dos clientes com relação ao atendimento.

Indicações

É sempre importante lembrar que clientes satisfeitos têm um grande potencial de se tornarem “vendedores” e gerarem novas vendas para a sua empresa pelas indicações com boas referências. Como podemos ver, a logística reversa para e-commerces tem grande importância para as empresas.

Apesar de todo o planejamento que é necessário para implantar esse fluxo, ele pode trazer benefícios que vão desde a aplicação de um pós-venda mais intenso até o cumprimento de legislações vigentes. Isso não é diferente com a logística reversa para e-commerces, que chega a ser fundamental no atendimento dos clientes.

O que achou desse artigo? Já conhecia a logística reversa para e-commerces? Já aplica esse processo em sua empresa? Compartilhe as suas experiências com a gente pelos comentários!



+ Nenhum comentário

Adicione o seu