Como calcular o frete dos produtos para envio pelos Correios?


Como calcular o frete dos produtos na loja virtual?
O frete grátis começa a perder espaço no e-commerce brasileiro. A pesquisa Webshoppers 2015, produzida pela consultoria E-bit, indica que em dezembro de 2015 apenas 49% das vendas fechadas contaram com frete gratuito. O mesmo estudo também porém, que para 67% dos consumidores, um valor de frete elevado gera desconforto para finalizar a compra.

Nesse cenário, apresentar preços competitivos para a entrega dos produtos é um aspecto decisivo para fechar mais negócios. O ideal é sempre buscar o menor valor possível, de modo a não onerar nem o cliente e nem a loja que faz a venda.

Para ser mais preciso nesse controle, é fundamental conhecer os detalhes sobre o cálculo do valor do frete. Isso será explicado a seguir.

Defina o serviço que será utilizado

A escolha do serviço responsável pelo frete é o ponto de partida para a definição do valor que será cobrado. Existem algumas opções básicas que o lojista pode utilizar:

•    Serviço do Correios;
•    Frota própria de transporte;
•    Contratar o serviço de uma transportadora;
•    Utilizar plataformas de gestão de fretes como Axado, Intelipost e Simfrete.

contrate o olist agora mesmo

Ao utilizar uma frota própria, o lojista terá que fazer toda a gestão e estimativa de custos. Essa é uma tarefa complexa e nem sempre viável, principalmente se o portfólio de clientes tiver uma grande abrangência geográfica.

No contraponto, ao utilizar transportadores ou plataformas de gestão pode haver grande discrepância de valores, o que abre margem para negociar descontos e condições mais flexíveis de pagamento. Essa é uma alternativa que também toma um tempo considerável do lojista.

Diante da complexidade desses modelos muitos lojistas acabam recorrendo aos Correios, que possuem capilaridade nacional e uma reputação consolidada. Na maioria dos casos o comerciante não precisa firmar nenhum tipo de contrato, o que aumenta a flexibilidade da operação.

Como funciona o frete pelos Correios?

Os Correios estimam o valor do frete com base em um sistema cúbico de pesagem, que não considera apenas o peso bruto da encomenda. Isso significa que um travesseiro, por exemplo, pode ter um frete mais caro do que um pacote com três livros.

Para conhecer o peso bruto basta colocar o pacote em uma balança. O cálculo do peso cúbico, contudo, segue a seguinte fórmula:

(Comprimento x Largura x Altura) / 6000

O número 6000 é o fator de cubagem, que nunca varia. Trata-se de um coeficiente definido conforme padrões internacionais, resultante de uma relação entre peso e volume do pacote.

Após realizar esse cálculo adota-se o seguinte critério: se o peso cúbico da encomenda for menor ou igual a 10 quilos, o valor do frete será baseado apenas no peso bruto, desprezando-se o cálculo acima. Caso o peso cúbico supere 10 quilos, será levado em conta o maior resultado na comparação entre os dois pesos.

Na prática

Imagine um pacote que tem as seguintes medidas: 31 cm de comprimento x 16 cm de largura x 31 cm de altura e cerca de 1 quilo de peso físico. A conta fica assim:

31 x 16 x 31 / 6000

15376 / 6000 = 2,56

Conforme a fórmula acima, o peso cúbico é de aproximadamente 2,5 quilos. Portanto nesse caso vale o peso físico para estimar o valor do frete.

Agora imagine o caso de um pacote de 60 cm x 40 cm x 27 cm, cujo peso físico é de 5 quilos.

60 x 40 x 27 / 6000

64800 / 6000 = 10,8

O peso cúbico fica em torno de 10,8 quilos. Como esse valor é maior do que 10 devemos comparar o peso cúbico (10,8 kg) e o peso físico (5 kg) e considerar o maior valor na estimativa.

Esse conceito não é muito simples de entender e por isso o site dos Correios oferece um plugin que permite o cálculo automático no e-commerce, bastando que sejam apontadas as dimensões do pacote.

Conclusão

Conhecer as variáveis de cálculo do frete é uma forma de garantir maior autonomia para o e-commerce, reduzindo o risco de perder clientes. Com essa informação o lojista pode vender produtos com frete mais acessível, o que favorece as vendas.

Ainda tem dúvidas sobre o cálculo do frete? Comente abaixo! E continue de olho no tema conferindo nosso Guia simplificado de gestão de estoque para e-commerce.


Categories

4 Comentários

Adicione o seu
    • 2
      Igor Castanho

      Olá Joseane. Tudo depende do tipo de produto e da necessidade de precisão que você necessita. Um item leve, como um vidro de perfume, não pode ser medido em uma balança de chão feita para pessoas, por exemplo. Além disso, é comum haver variações entre as balanças, então se você tem um item mais pesado e não precisa das dimensões exatas, aí a balança doméstica serve perfeitamente!

  1. 3
    Priscila Costa

    Igor, boa noite! Matéria perfeita e muito útil… obrigada! A minha dúvida é: – essa medidas Comprimento x Largura x Altura são feitas com base nas embalagens dos correios, correto? Se sim, eu vendendo itens pequenas, bijuterias por exemplo que dá pra enviar diversas numa caixa pequena dos correios… conforme o cliente for colocando a quantidade de peças no carrinho, na hora de calcular o frete, o site que tem já o sistema do Correio, vai fazer uma média da pesagem com base nas informações cadastradas de cada produto? É isso que eu ainda não compreendi….

+ Deixe um Comentário