Como vender mais cosméticos pela internet: 5 dicas matadoras!


Como vender mais cosméticos pela internet: 5 dicas matadoras!

A venda de cosméticos representa um mercado de peso no Brasil. Em 2015 o setor movimentou mais de R$ 40 bilhões em negócios, o que corresponde a um dos maiores índices no mundo.

Boa parte dessas vendas foram realizadas pela internet, graças a fatores como a comodidade, preços competitivos e ampla variedade de produtos.

A pesquisa Webshoppers indica que 12% dos pedidos concretizados no primeiro semestre de 2016 pertencem ao segmento de saúde, cosméticos e perfumaria.

Isso representa 5% do faturamento total do e-commerce brasileiro, o que equivale a quase R$ 1 bilhão em vendas.

Aproximadamente 6% das lojas online em todo o Brasil atuam nesse setor, conforme a 3ª Pesquisa Nacional do Varejo.

Esses números deixam claro por que investir no comércio eletrônico de cosméticos pode ser um negócio altamente lucrativo.

Se você deseja começar a vender ou ampliar o faturamento nas vendas online este post pode fornecer dicas úteis para o sucesso do seu negócio.

Acompanhe!

contrate o olist agora mesmo

1) Defina um público-alvo 

O mercado de cosméticos se tornou extremamente abrangente, contemplando diferentes nichos de mercado.

Entretanto, a proporção do público que compra pela internet é praticamente igual.

Entre os consumidores brasileiros, 51,87% são mulheres e 48,13% homens, aponta a pesquisa Webshoppers.

Assim, a melhor estratégia é priorizar um único segmento, oferecendo a maior gama de produtos possível.

Há lojas online que vendem apenas produtos masculinos, enquanto outras apostam no potencial das mulheres.

Outras segmentações correspondem a faixa etária e até mesmo a renda do público-alvo.

Isso ajuda a definir um mix de produto mais alinhado com o interesse dos consumidores, favorecendo as conversões.

2) Não esqueça das compras recorrentes 

Quando se trata da venda de cosméticos, é muito difícil que um consumidor faça uma única compra de determinado item.

Itens de uso frequente, como cremes e perfumes, são recomprados em determinados períodos de tempo, gerando padrões de consumo.

Você pode monitorar essa frequência de compra e realizar ações como o envio de cupons de desconto, promoções relâmpago ou mesmo um convite para a recompra por email, por exemplo.

Outra possibilidade é oferecer kits que ofereçam um preço mais baixo por unidade do produto.

Isso colabora para a fidelização dos consumidores e pode gerar um aumento no ticket médio total. 

banner-blog6_23) Aproveite as datas sazonais

Grande parte das lojas virtuais já aproveitam o potencial das principais datas sazonais do varejo, tais como Black Friday, Natal, Dia dos Namorados, Dia das Mães, Dia dos Pais, etc.

Além dessas datas, o segmento de cosméticos também pode explorar outras ocasiões que sirvam de gatilho para compras, tais como o Dia da Mulher e o Dia do Homem.

Isso depende diretamente da dica #1, que fala sobre a definição de um público-alvo.

É interessante definir um calendário de datas relacionadas ao perfil dos consumidores, permitindo planejar o estoque e os preços praticados em campanhas de venda nessas ocasiões.

4) Aposte no marketing de conteúdo 

As vantagens do marketing de conteúdo também podem ser aproveitadas pelos e-commerce de cosméticos.

Como se trata de um segmento muito dinâmico, é interessante oferecer conteúdos que apresentem as últimas novidades em termos de produtos.

Um blog, página de rede social ou canal de vídeo para exibir reviews (testes), unboxing (abertura da caixa original) e dicas de uso pode contribuir para a reputação da loja e para a efetivação de mais vendas.

5) Venda nos marketplaces e use o Olist

Aproveitar a visibilidade e a reputação das grandes redes varejistas é uma ótima estratégia para ampliar a venda de cosméticos pela internet.

Com preços competitivos e agilidade na entrega qualquer lojista pode obter bons lucros nesses canais.

E para o resultado ser ainda mais positivo vale a pena concentrar todas as vendas no Olist.

Além da facilidade de negociação, você conta com vantagens na gestão de pedidos e na logística de entrega.

São inúmeras facilidades sem a necessidade de gastar mais para isso.

Conclusão

Os números comprovam a força do setor de cosméticos nas vendas online.

Mas, sem uma gestão altamente profissional, é impossível ter sucesso nesse segmento.

Por essa razão, as dicas acima e a aposta nos marketplaces como um canal de venda podem fazer toda a diferença para um bom desempenho do negócio.

E usando o Olist isso fica ainda mais fácil.

Ainda tem dúvidas sobre como é possível vender mais cosméticos? Comente abaixo!


Categories

+ Nenhum comentário

Adicione o seu