Como vender online sem ter um site ou entender de programação?


Como vender online sem ter um site ou entender de programação?
5 (100%) 9 votos

Como vender online sem ter um site ou entender de programação?

“Preciso vender mais!”, “Quero aumentar minhas vendas!”

Você já se pegou pensando desta forma? Sim? Bom, então muito provavelmente a saída para resolver seu problema está na internet. Porém, se você nunca atuou no e-commerce mas ainda assim deseja lançar uma loja virtual, os primeiros passos podem assustar.

Em meio a uma infinidade de plataformas e tecnologias disponíveis, pode parecer impossível começar tudo sozinho.

É preciso selecionar a plataforma mais adequada (em meio a centenas de opções) e também escolher diversos serviços complementares, que vão desde sistemas antifraude até softwares de apoio a gestão.

Qualquer erro nessas escolhas pode trazer uma infinidade de problemas: despesas desnecessárias, instabilidade no site, risco de invasões, etc.

Em meio a toda essa incerteza também surgem profissionais que prometem resolver todos os problemas e simplificar a criação da sua loja. Mas acontece que nem sempre o custo é compatível para a realidade de pequenas e médias empresas.

Mas calma!

Caso você tenha se deparado com qualquer uma dessas situações acima, não deixe de ler este post até o final.

Iremos apresentar uma forma simples e acessível para você vender online. Não é preciso ser um expert em programação e você terá um dos menores custos do mercado. E tudo isso sem reduzir o potencial de lucro da sua loja.

contrate o olist agora mesmo

Marketplace: uma megaloja ao seu dispor
 

Por que criar uma loja virtual do zero se você pode utilizar uma estrutura pronta e gerenciada por terceiros?

Ao conhecer o conceito dos marketplaces, você verá que essa é a melhor opção para vender online sem ter um site.

Temos um outro post que explica em detalhes o que é marketplace e quais as vantagens desse modelo de venda.

Mas, em resumo, os marketplaces nada mais são do que sites de grandes redes varejistas (como Americanas, Walmart e Mercado Livre), que abrem espaço para outros vendedores.

Ou seja, você tem toda a estrutura e visibilidade desses sites ao seu dispor. As empresas ficam responsáveis pela divulgação e gestão técnica da plataforma e você só terá que se preocupar em vender e entregar os pedidos no prazo.

Não é preciso esperar o desenvolvimento de um site ou se preocupar em atrair tráfego. Basta oferecer condições comerciais competitivas em termos de preço e frete.

Olist: o caminho mais simples e barato para vender sem um e-commerce

A maior parte das soluções disponíveis para a venda em marketplaces exige que você tenha um e-commerce próprio. Basicamente elas “conectam” a sua loja virtual aos grandes varejistas, aproveitando todas as informações do seu site.

Mas essa não é a única forma de se vender nos marketplaces. O Olist apresenta um conceito completamente diferente, que dispensa a exigência de um site próprio para venda.

Basicamente, nós cuidamos de toda a parte técnica e de gestão junto aos marketplaces. Você realiza todo o controle de produtos cadastrados, vendas e entregas diretamente pela nossa plataforma. E tudo isso é feito de modo claro e intuitivo, com o apoio da nossa equipe.

Assim você tem acesso a um canal de vendas poderoso, sem ter que realizar grandes investimentos ou acumular conhecimentos altamente complexos. 

Conclusão

Se você tem uma loja física e deseja ampliar as vendas utilizando a internet, é possível fazer isso sem possuir um e-commerce. E não há dúvidas de que os marketplaces são a melhor opção para fazer isso.

Há inúmeras vantagens em optar por esse modelo: você não precisa ser um expert em programação e tecnologia, o investimento inicial é significativamente menor e o potencial de ganhos é imenso.

Basta que você seja um bom comerciante e consiga oferecer boas condições de preço e frete.

Mas é bom ressaltar que você não pode ser completamente leigo no tema. É fundamental informar-se sobre como funciona uma operação de e-commerce e quais os fatores decisivos para o sucesso.

Se for possível, conte com o apoio de um funcionário dedicado para essa tarefa. Com isso, você evita frustrações e erros comuns que possam prejudicar seu negócio.

Ficou interessado em vender online sem ter um e-commerce? Então contrate o Olist agora mesmo!


+ Nenhum comentário

Adicione o seu