Contabilidade para e-commerce: 5 dicas infalíveis para uma gestão eficiente


Contabilidade para e-commerce: 5 dicas infalíveis para uma gestão eficiente

São diversos os processos administrativos que precisam ser executados com maestria dentro de um e-commerce para que tudo seja mantido na devida ordem e funcionamento. Um dos principais é a contabilidade.

Gerir de forma organizada e eficiente todas as contas é fundamental para qualquer loja virtual, independente do seu porte. No entanto, quando se trata de uma pequena empresa ou uma startup, o processo se torna ainda mais crucial, visto que o desenvolvimento do negócio ainda está em processo e desordens contábeis podem fornecer uma visão errônea da saúde financeira, o que não seria nada bom.

Para quem está começando a vender na web há muitas dúvidas sobre como organizar e controlar as informações. Felizmente, também existem várias técnicas e ferramentas de controle. Se você é um marinheiro de primeira viagem no mundo das vendas online as dicas abaixo são essenciais para manter a saúde financeira da sua empresa e garantir uma boa gestão contábil:

1- Certifique-se dos seus conhecimentos

A tentativa de controlar algo sobre o que não se tem total domínio é um dos principais erros de empresas que estão começando. Muitos gestores de pequenas empresas, mesmo tendo outras especialidades, acabam tentando controlar também as áreas fiscal e contábil da empresa.

Ambas abrangem métricas e padrões minuciosos que devem ser seguidos à risca. Então, mesmo se você for o projetista, programador e designer da própria loja, mas não entende muito de contabilidade, contrate uma assessoria ou um profissional especializado ou utilize uma ferramenta que simplifique a gestão dessas áreas.

contrate o olist agora mesmo

2- Avalie a gestão da sua contabilidade

Utilizar técnicas contábeis para gerir as suas contas é essencial para assegurar a qualidade dos processos e certificar-se de que tudo está sendo controlado. Análises de balanço, demonstrações contábeis e auditorias são práticas cruciais, cujos resultados devem ser avaliados cuidadosamente. Os relatórios extraídos destes processos fornecem dados importantes sobre a situação da empresa, como de padrões de gastos periódicos e exatidão das informações registradas.

3- Automatize os processos

Automatizar o maior número possível de processos é essencial para qualquer loja virtual e a utilização de softwares específicos é uma das melhores formas de fazer isso. A centralização de informações sobre o cenário geral da empresa é um dos principais benefícios da automatização, pois permite o acesso instantâneo aos dados (como cobranças, vendas e estoque) além de possibilitar controles e análises rápidas, reduzindo a possibilidade de qualquer retrabalho manual desnecessário.

4- Maximize o controle nos marketplaces

Quando as vendas do seu e-commerce passam a ser feitas nos marketplaces é preciso desempenhar um controle mais rígido, visto que a fonte de informações contábeis e financeiras, e de todos os outros tipos, não será somente a sua própria loja virtual.

Adotar softwares específicos para este tipo de controle, como o Olist, pode tornar essa empreitada mais fácil. Em uma única plataforma é possível fazer a gestão de estoque, cadastro de produtos, vendas e pagamentos. Isso ajuda a fornecer um quadro completo com todas as informações das vendas fora do seu e-commerce, permitindo que a gestão ocorra de forma integrada e sem burocracia.

5- Utilize as principais ferramentas disponíveis

Mesmo seguindo todas as dicas apresentadas, gerir a contabilidade de um e-commerce pode ser uma tarefa intimidadora para quem está começando. Em virtude disto, é importante estar ciente de que foi justamente para facilitar esta rotina que surgiram os softwares de gestão online.

Plataformas como a Contabilizei e a Conta Azul são algumas das ferramentas disponíveis atualmente. Utilizá-las, portanto, é uma excelente forma de centralizar os dados, o que, além de facilitar a gestão do seu quadro financeiro, evita possíveis retrabalhos manuais desnecessários, permitindo, através das devidas integrações, a gestão simplificada das suas finanças.

E aproveitando que o assunto é gestão integrada, confira aqui como o gerenciamento em conjunto com outras áreas, como a logística, também pode impactar positivamente nas suas vendas!


1 Comentário

Adicione o seu

+ Deixe um Comentário