Contrato direto com marketplaces ou Olist: qual é a melhor opção? (spoiler: ambas!)


Contrato direto com marketplaces ou Olist: qual é a melhor opção? (spoiler: ambas!)
5 (100%) 3 votos

Contrato direto com marketplaces ou Olist: qual é a melhor opção?

Contrato direto com os marketplaces ou venda pelo Olist: qual a melhor opção para vender online?

Essa é uma dúvida muito comum para lojistas que estão interessados em vender nas grandes redes varejistas brasileiras.

Isso ocorre pois existem basicamente duas formas de se anunciar nos marketplaces.

A primeira delas é com uma loja própria dentro dos canais de venda.

A outra é promover os produtos dentro da Loja do Olist.

Como em qualquer escolha, cada uma das opções tem benefícios e renúncias, que iremos detalhar melhor neste post.

Mas antes de iniciar essa análise, é fundamental entender que o Olist não é um intermediário e sim um facilitador das vendas online.

Deste modo é mais fácil compreender os diferenciais e vantagens do Olist antes de tomar uma decisão definitiva.

contrate o olist agora mesmo

Como funciona o contrato direto com os marketplaces?

Ao firmar um contrato direto com os marketplaces sua loja será apresentada como uma parceria comercial dos marketplaces, como no exemplo abaixo.

exemplo loja marketplace

Essa estratégia pode contribuir para a visibilidade da sua marca, mas também exige uma série de responsabilidades.

  • Você terá que construir uma reputação do zero perante os consumidores, acumulando um bom volume de vendas para conquistar notas e avaliações positivas.
  • Você terá que gerenciar o cadastro dos produtos em cada marketplace, respeitando todas as regras de títulos, descrições e fotos, bem como a atualização de preços e estoques. Mesmo que você utilize ferramentas de apoio, como os integradores de e-commerce, será necessário realizar uma homologação técnica para vincular todas essas plataformas.
  • Você terá que gerenciar a logística de envio para todos os itens vendidos, por meio de um contrato complementar com transportadoras ou os Correios.

É importante ressaltar que os tópicos acima não representam desvantagens de um contrato direto com os marketplaces. Eles apenas listam alguns pontos que não poderão ser ignorados no processo de venda.

Como é a venda em marketplaces via Olist?

Ao anunciar nos marketplaces via Olist, seus produtos serão exibidos em nossa loja, como no exemplo abaixo.

olist no submarino

Ainda que o nome da sua loja não apareça explicitamente em cada site, é possível posicionar a marca perante o consumidor utilizando recursos como uma caixa customizada ou um cartão de agradecimento.

E como o Olist é uma comunidade de vendas, você também conta com outras vantagens:

  • Dispensa de conhecimento técnico: o Olist gerencia toda a parte tecnológica para garantir que todos os sistemas envolvidos no processo de venda funcionem perfeitamente, desde o cadastro dos produtos até a postagem dos pedidos.
  • Gestão centralizada: você faz um único cadastro de produto que vale para todos os marketplaces parceiros do Olist (B2W, Via Varejo, Walmart e Mercado Livre). Todo o controle de estoque, pedidos, vendas e entregas também fica unificado.
  • Força coletiva: como o Olist já tem uma loja consolidada em todos os canais de venda, você não terá que construir uma reputação do zero. Basta ser eficiente na sua operação de vendas e todos os lojistas sairão ganhando. Além disso, você também vai utilizar nosso contrato com os Correios para realizar os envios. Ele assegura preços mais competitivos do que a média de mercado em virtude do alto volume de vendas da nossa loja.

A comissão pelas vendas cobrada pelo Olist também já inclui o porcentual que deve ser pago para cada marketplace. 

Conclusão

Se você deseja vender em marketplaces, o Olist não pode estar fora da sua estratégia.

Possuir um contrato direto com os marketplaces e anunciar na loja do Olist nestes canais não são opções excludentes.

Há vários lojistas que atuam nesse modelo e conquistaram resultados altamente positivos. É muito comum que a diferença de comissão cobrada pelo Olist seja facilmente compensada pela economia de tempo e dinheiro oferecida pelo serviço.

Mas para atuar deste modo é fundamental ter responsabilidade e profissionalismo. O atendimento e a política de preços nos dois canais deve ser equivalente, ou seja, sem qualquer tipo de diferenciação.

Assim você aproveita as inúmeras vantagens de cada modelo conquistando o mesmo objetivo final: mais vendas para o seu negócio.


Você vende pelo Olist ou possui contrato direto com os marketplaces? Compartilhe sua experiência nos comentários!


+ Nenhum comentário

Adicione o seu