F-commerce: saiba como funciona o comércio eletrônico no Facebook


F-commerce: saiba como funciona o comércio eletrônico no Facebook
5 (100%) 6 votos

F-commerce: saiba como funciona o comércio eletrônico no Facebook

Com mais de 99 milhões de usuários ativos no Brasil e mais de 1,5 bilhão em todo o mundo, é natural que o Facebook tenha se tornado um espaço que vai além do mero compartilhamento de informações. Um número crescente de pessoas tem apostado na audiência da rede social para fazer negócios. A prática já recebeu até nome próprio: F-commerce.

Além de facilitar o acesso ao público consumidor, a aposta nesse modelo de venda garante uma redução nos custos de manutenção da loja. A implementação também é muito mais rápida, já que não é preciso contratar nenhum serviço ou investir na construção de uma plataforma.

Se você está interessado nesse modelo de venda para seu negócio, confira algumas dicas de como é possível ser bem-sucedido nesse canal de venda.

contrate o olist agora mesmo

Opções de venda dentro do Facebook

Existem diferentes maneiras de se vender pelo Facebook. É possível utilizar aplicativos dedicados, criar uma vitrine virtual ou testar novos recursos oferecidos pela rede social, como o Marketplace. Cada alternativa apresenta vantagens e desvantagens para o lojista.

Utilizando aplicativos exclusivos para lojas virtuais, você vai permitir que o cliente finalize a compra sem se desconectar da rede social, fazendo até mesmo o pagamento dentro da plataforma. Entretanto, o uso do serviço envolve a cobrança de comissões e até mesmo mensalidades. Isso pode reduzir ou até mesmo comprometer as margens de lucro, em determinados casos.

Outra opção é utilizar a rede social apenas como vitrine para a divulgação dos produtos. Nesse caso você pode investir em uma fan page na qual serão apresentadas fotos, demonstrações e descrições dos produtos, com links para um e-commerce em que a compra será efetivada. Essa é uma boa opção caso você realize promoções constantes ou realize lançamentos frequentes.

Existe ainda a possibilidade de utilizar recursos fornecidos pelo próprio Facebook, como a funcionalidade marketplace, lançada recentemente. A ferramenta ainda não está disponível no Brasil, mas visa tornar mais simples o processo de compra e venda dentro da plataforma. Os recursos incluem a procura geolocalizada de produtos e a inserção de fotos, descrições e preços nos anúncios.

Em alguns e-commerces brasileiros também já está sendo testado o botão Comprar. Trata-se de um botão social, fornecido pelo Facebook para inserção nos sites de comércio eletrônico. Ele permite que o usuário receba notificações sobre determinado item posto a venda, tais como reduções de preço, novidades de cores e tamanhos, entre outros.

canvas olistDicas práticas para se dar bem 

  • Invista em publicidade: O Facebook Ads é altamente customizável e com amplo poder de segmentação, o que permite a criação de anúncios certeiros sem a necessidade de gastos absurdos com publicidade.
  • Conteúdo é fundamental: dificilmente um usuário acessa o Facebook com a intenção direta de comprar. Muitas vezes ele quer apenas ver as últimas novidades ou saber o que está acontecendo. Tenha ciência disso e ofereça fotos, vídeos, gif e qualquer outro conteúdo associado ao produto que ajude nas conversões.
  • Aposte no engajamento: é muito fácil dialogar com os consumidores por meio do Facebook. Responda a todas as perguntas, estimule o engajamento e utilize as informações como base para novas ações de divulgação e venda de produtos

Conclusão

O Facebook é um ótimo aliado para conquistar mais vendas pela internet. Mas isso exige que você conheça muito bem o público-alvo, para ter certeza de que seus potenciais compradores estão dentro da rede social.

Também é bom lembrar que você não precisa depender exclusivamente desse canal de venda para conquistar um bom resultado. A melhor estratégia para a longevidade do negócio é apostar na diversificação. Para isso, os marketplaces são uma excelente opção, bastando apenas possuir eficiência operacional e profundidade de estoque.


Ainda tem dúvidas sobre como vender pelo Facebook? Compartilhe nos comentários!

+ Nenhum comentário

Adicione o seu