Mercado Envios exigindo nota fiscal: Mercado Livre muda em 2018


Mercado Envios exigindo nota fiscal: Mercado Livre muda em 2018
5 (100%) 10 votos

Mercado Envios exigindo nota fiscal: Mercado Livre muda em 2018

Quem vende no Mercado Livre e faz postagens por meio do serviço Mercado Envios está lidando com algumas novidades em 2018. Em reflexo de uma nova determinação dos Correios, todos os produtos devem ser postados com Nota Fiscal ou Declaração de Conteúdo.

Além disso, também há mudanças na plataforma, que vão desde o sistema de custos do Mercado Envios até os critérios para produção e visibilidade de anúncios dentro do Mercado Livre.

Quer entender melhor essas mudanças e saber como se preparar? Então confira a explicação completa neste post!

contrate o olist agora mesmo

Nota fiscal obrigatória para Mercado Envios

Não é obrigatório emitir nota fiscal ou declaração de conteúdo para anunciar e vender produtos por meio do Mercado Livre. Entretanto, se os itens negociados forem enviados via Mercado Envios, será necessário fornecer esses documentos.

Isso acontece pois o sistema de envios do Mercado Livre utiliza os Correios como parceiro logístico. E a estatal passou a exigir a apresentação desse documento no ato da postagem, como já explicamos neste outro post. Portanto, quem não fornecer essa informação não conseguirá realizar os envios.

Quem realiza vendas pontuais por meio da plataforma pode recorrer a ações como a entrega em mãos, que dispensa o uso de serviços logísticos e, consequentemente, a apresentação do documento.

Nos demais casos é necessário fornecer a nota ou declaração, mesmo que o envio ocorra por meio de transportadora ou contrato próprio com os Correios.

Novo faturamento e devolução expressa no Mercado Envios

Outra novidade vigente no Mercado Envios é a forma de apresentação dos custos. A partir de agora, a tarifa de intermediação e o custo dos Correios serão apresentadas de forma separada. Não há, contudo, qualquer alteração de preços. Com isso, a despesa com Correios será faturada em uma nota de débito e a tarifa de intermediação do Mercado Envios em uma nota fiscal.

Também há mudanças no formato de devolução dos produtos, que agora passa a contar com um sistema expresso para determinados consumidores. O Mercado Livre vai intermediar a operação de devolução e arcará com todos os custos pelo serviço.

Vários produtos em uma mesma encomenda do Mercado Envios

Outra mudança no Mercado Envios é que se tornou possível enviar múltiplos produtos de um carrinho de compras na mesma embalagem. Com isso é possível reduzir o custo de frete para o consumidor final, ampliando as chances de vendas. Os lojistas também podem continuar no modelo antigo, realizando uma solicitação direta ao canal.

Liberação antecipada de pagamento no Mercado Pago

Quem envia produtos sem utilizar o Mercado Envios vai poder contar com os pagamentos mais cedo. Ao marcar a opção Entreguei dentro da plataforma será possível receber o dinheiro em 11 dias, havendo ou não confirmação do consumidor. Caso essa opção não seja selecionada, o repasse ocorrerá 28 dias após a venda.

Ficha técnica nas descrições de anúncios do Mercado Livre

Os anúncios de produtos no Mercado Livre agora contam com ficha técnica. Trata-se de uma tabela que compila as informações mais relevantes sobre o item em questão. Isso ajuda a reduzir o número de perguntas e facilitará a busca dos itens.

Exemplo de Ficha Técnica no Mercado Livre

Exemplo de Ficha Técnica no Mercado Livre

Junto com a ficha será possível informar o código universal (código de barras) do item, que pode estar nos formatos EAN, UPC, GTIN, ISBN, JAN, entre outros. Caso o item não tenha um código associado, este campo poderá ficar em branco. 

Alterações no sistema de mensagens do Mercado Livre

A seção mensagens do Mercado Livre mudou. Agora só é possível realizar o envio de links, arquivos anexos e textos sem formatação via e-mail. Com isso, é necessário remover botões, rodapés, cabeçalhos, tabelas, cores e fundos das mensagens enviadas.

O objetivo dessa ação é facilitar a visualização por meio de dispositivos móveis, reduzindo o tempo de carregamento. O Mercado Livre também recomenda que não sejam enviadas informações duplicadas, tais como solicitação de qualificação e confirmação de pedidos, pois isso será feito automaticamente.

Novos critérios de visibilidade dos anúncios no Mercado Livre

Como reflexo de todas essas novidades, as regras de visibilidade dos anúncios no Mercado Livre também mudaram. A partir do dia 01 de fevereiro apenas os anúncios com ficha técnica serão bem posicionados dentro da plataforma.

Além disso, haverá privilégios de visibilidade para quem utilizar o leitor de cartões Mercado Pago Point para transações realizadas por meio de site próprio, redes sociais ou em vendas presenciais. Há ainda outras dicas para conquistar mais destaque:

  • Oferta de parcelamento sem acréscimo;
  • Disponibilidade do Mercado Envios no anúncio;
  • Oferta de frete grátis;
  • Postagem rápida dos produtos;
  • Resposta ágil aos consumidores;
  • Descrições de anúncio em formato texto.

Conclusão

A plataforma de vendas do Mercado Livre está em transformação contínua para otimizar a experiência de compra e venda dos usuários. Isso tende a impactar positivamente lojistas com excelência operacional, capazes de fornecer um atendimento acima da média e com agilidade no envio. Assim, fica claro que a profissionalização é um caminho obrigatório para quem deseja ter sucesso vendendo por meio do site.

Os consumidores também são beneficiados pelas novidades, já que há uma grande melhoria na experiência de acesso e compra via dispositivos móveis (com acesso gratuito fornecido pelo Mercado Livre).

Já conhece o sistema de reputação do Mercado Livre? Explicamos tudo em detalhes aqui no blog!


1 Comentário

Adicione o seu
  1. 1
    Sebastião

    As alterações devido à imposição da Estatal (correios) embora não seja uma determinação do Mercado Livre, acaba repercutindo nas vendas. Os prazos de envio impostos pelo Mercado Livre são surreais para alguns itens. Trabalho com fabricacao de produtos personalizados e alguns produtos tem prazos de apenas 12h. Minha empresa usa o regime MEI e para emitir a nota usamos o sistema de notas avulsas da SEFAZ mas eles têm até 3 dias úteis para liberar a nota. Só que o mercadonlivre nos dá poucas horas. Já era ruim antes da obrigatoriedade da nota por causa dos prazos. Agora é pior porque mesmo que eu consiga produzir a peça a tempo para postar, a nota pode não ser liberada a tempo.

+ Deixe um Comentário