Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.

Nova tarifa do Mercado Livre: TUDO sobre os custos e a comissão


Nova tarifa do Mercado Livre: TUDO sobre os custos e a comissão
5 (100%) 11 votos

Nova tarifa do Mercado Livre: TUDO sobre os custos e a comissão

Este artigo também é para você que recebeu a mensagem: Hoje alteramos os custos por venda dos anúncios de menos de R$120 do Mercado Livre.

O Mercado Livre anunciou recentemente uma nova tarifa para os lojistas que utilizam a plataforma. Basicamente, a partir de agora haverá uma cobrança fixa por venda, somada à comissão já existente. A mudança entre em vigor em 2 de julho e vale apenas para itens com valor abaixo de R$ 120, ou seja, a política de frete grátis para itens acima de R$ 120 continua válida.

Se você quer entender essas novidades e também saber os custos e a comissão para vender no Mercado Livre, este post traz a resposta.

Anuncio com as novidades do Mercado Livre: Mudaremos os custos por venda dos seus produtos de preço inferior a R$ 120 Você pagará a porcentagem de sempre e um custo fixo de R$5 por unidade vendida. Você sempre saberá os custos de todas as suas vendas com antecedência.

Quais os custos e comissões da venda no Mercado Livre

Antes de entender como funciona a nova tarifa, não custa recapitular os custos e o valor da comissão geral de venda no Mercado Livre.

A criação de um anúncio no Mercado Livre é gratuita. Entretanto, caso o lojista deseje maior exposição para os produtos, poderá escolher outros modelos de anúncio, pagando uma comissão. O quadro abaixo resume todas as opções:

Custos de anuncios no Mercado Livre

Entendendo a nova tarifa do Mercado Livre

Conforme o Mercado Livre as mudanças respondem ao feedback dos próprios lojistas e tem o objetivo de garantir maior previsibilidade aos custos das vendas. A empresa também afirma que isso permitirá lidar com os reajustes de preços dos Correios e ampliar a oferta de frete grátis para os consumidores.

A partir de agora, todas as vendas com valor abaixo de R$ 120 serão acompanhadas de uma cobrança fixa no valor de R$ 5, somada a comissão já existente. O frete gratuito para o lojista e o consumidor só ocorrerá caso mais de uma unidade seja adicionada ao carrinho, ultrapassando R$ 120. A cobrança vale para todos os vendedores, independente da reputação da loja.

Custo para itens abaixo de R$120 no Mercado Livre

Vamos a alguns exemplos práticos para facilitar a compreensão.

Exemplo 1

VALOR DO ITEM: R$ 80
TIPO DE ANÚNCIO: CLÁSSICO (11% DE COMISSÃO)

Caso apenas uma unidade seja vendida, o valor total pago ao Mercado Livre será:
R$ 80 x 11% + R$ 5 =

R$ 8,80 + R$5 = R$ 13,80 

Em alguns casos pode ser necessário adicionar o valor do frete, conforme o tipo de anúncio criado.

Caso mais de uma unidade seja vendida, o frete se torna gratuito (pois excede R$ 120 no pedido) e será preciso adicionar R$ 5 por item negociado.

Exemplo 2

VALOR DO ITEM: R$ 80
TIPO DE ANÚNCIO: PREMIUM (16% DE COMISSÃO)

Caso apenas uma unidade seja vendida, o valor total pago ao Mercado Livre será:
R$ 80 x 16% + R$ 5 =

R$ 12,80 + R$ 5 = R$17,80

Em alguns casos pode ser necessário adicionar o valor do frete, conforme o tipo de anúncio criado.

Caso mais de uma unidade seja vendida, o frete se torna gratuito (pois excede R$ 120 no pedido) e será preciso adicionar R$ 5 por item negociado.

Exemplo 3

DOIS ITENS NO MESMO PEDIDO: UM NO VALOR: R$ 80 E OUTRO NO VALOR DE R$ 130
TIPO DE ANÚNCIO: CLÁSSICO (11% DE COMISSÃO)

Nesse caso a comissão deverá ser calculada individualmente.

Item 1:
R$ 80 x 11% + R$ 5 =

R$ 8,80 + R$ 5 = R$13,80

Item 2:

R$ 130 x 11% = R$ 14,30

 

TOTAL PAGO:

R$13,80 + R$ 14,30 = R$ 28,10

Nesse caso o comprador terá direito a frete grátis (pois o total do pedido excede R$ 120), mas o lojista pagará o frete relativo ao item 2.

 

Conclusão: não há motivo para pânico

As mudanças realizadas pelo Mercado Livre não precisam ser motivo de pânico para os lojistas. Basta levar em conta a cobrança da nova taxa ao realizar a precificação. Além disso, também é possível apostar em estratégias de aumento do tíquete médio, como a montagem de kits de produtos, pois assim a taxa fixa será paga uma única vez. Isso garante maior previsibilidade nas receitas, sem que haja prejuízo a competitividade do negócio.

Ainda tem dúvidas sobre como vender mais no Mercado Livre? Confira este post que fornece dicas úteis!


6 Comentários

Adicione o seu
  1. 1
    Filipe

    “Conclusão: não há motivo para pânico”

    Na minha opinião, há motivo para pânico sim, pois depois de 16 anos vendendo produtos de pequeno valor no site, infelizmente terei que deixá-lo. Vendo cartelas de adesivos que custam a partir de R$ 5,00 e os clientes gostam de poder comprar apenas 1 ou 2 cartelas, conforme suas necessidades. Se eu somar R$ 5,00 ao valor unitário de cada cartela, como irei vender? A cartela mais barata simplesmente dobrará de valor! Com mais este tiro no pé, forçando uma taxa fixa de R$ 5,00 independente do valor da venda, o site quer eliminar os produtos baratos.

    • 2
      Igor Castanho

      Olá Filipe, tudo bem? Entendo seu ponto de vista, mas uma opção é seguir a própria sugestão do Mercado Livre e montar kits de produtos, diluindo o valor pago pela tarifa. Obrigado pela participação!

  2. 3
    Vinicius

    Como assim não tem motivo pra pânico? É mais facil então colocar a regra de que o mercado livre só venderá produtos acima de 120 reais. Kits de produtos é forçar o consumidor a comprar mais, mas o mercado não funciona assim.. Se eu não tenho dinheiro, eu não compro, simples assim. Palhaçada demais isso, tá na hora de surgir outra plataforma pra tirar a gestão incompetente do mercado livre da zona de conforto

  3. 4
    Mario Cesar Silva

    Alguém sabe dizer quais eram os custos Clássico e Premium antes dos 11 e 16% respectivamente, e quando foi feita a mudança?

    No mais, concordo com os demais. Forçar o cliente a pagar mais caro ou comprar mais de um produto não é o certo.

    Obrigado.

  4. 5
    Luana Frutuoso

    Infelizmente tive que pausar meus anúncios. Quase 100% dos meus produtos custam menos de 120,00 reais. Não compensa em nada! Não irei arcar com esse acréscimo e permitir que o cliente pague esse valor abusivo.
    Depois dessas mudanças que vem ocorrendo na plataforma as vendas caíram drasticamente. Enquanto não houver uma oferta melhor não vendo mais por lá.

  5. 6
    Fabio

    Um absurdo, já não bastava o aumento do frete agora mais essa. Paramos de vender produtos baratos ou o consumidor vai pagar por mais essa. Uma outra sacanagem que venho notando, é a cobrança de um valor x no frete, mas toda vez, sempre fica mais barato no comprovante dos correios, coisa de 5 a 8 reais a mais sendo cobrado.

+ Deixe um Comentário

---- MyChat ----