O que é tabela de contingência de frete nos marketplaces?


O que é tabela de contingência de frete nos marketplaces?
5 (100%) 18 votos

O que é tabela de contingência de frete nos marketplaces? 

Se você vende em marketplaces e não sabe o que é tabela de contingência de frete, pode estar colocando sua operação comercial em risco.

Embora o tema pareça simples, ele pode assumir um aspecto decisivo para o desempenho das suas vendas em determinadas circunstâncias.

Trata-se de um recurso que visa otimizar as conversões de venda dentro do site, ao mesmo tempo em que garante uma boa experiência de compra para o consumidor final.

Quer entender mais sobre o assunto? Então não deixe de ler este post até o final, pois você vai conhecer mais sobre o conceito, bem como aprender a preparar uma tabela adequadamente.

contrate o olist agora mesmo

O que é e para que serve a tabela de contingência de frete?

Toda vez que um consumidor abre o anúncio dentro de um e-commerce, um dos primeiros atos antes de efetivar a compra é realizar uma pesquisa de frete. Basicamente ele fornece o número do CEP para receber uma estimativa do prazo e do custo para envio do produto anunciado.

Ao receber essa solicitação, o site busca a informação dentro de um complexo banco de dados que concentra valores e prazo de frete, levando em conta as dimensões e a região de envio. Tudo isso acontece em menos de um segundo, para que o consumidor obtenha a resposta em tempo real.

Entretanto, em determinadas situações, o acesso a esse banco de dados pode ser comprometido. Com isso, o consumidor receberia uma mensagem de erro pela consulta, que fatalmente resultaria na desistência da compra.

Para contornar essas adversidades os grandes e-commerces implementaram a tabela de contingência de frete. Ela serve como um mecanismo de segurança, que irá fornecer as informações sobre frete em caso de indisponibilidade.

Como utilizar a tabela de contingência de frete?

Cada marketplace possui um sistema próprio para configuração da tabela de contingência. O ideal é verificar a documentação de cada canal e utilizar os arquivos de modelo (templates) fornecidos pelo canal.

O arquivo com a tabela precisa ser preenchido manualmente. Qualquer equívoco pode representar custos extras para a loja ou para o consumidor final. Por isso, é fundamental atentar aos seguintes aspectos:

  • Faixa de CEP: com base nas faixas de CEP é possível estimar os dados sobre envio dos produtos para determinada região.
  • Peso: considere o peso do produto e da embalagem para garantir maior precisão ao cálculo.
  • Dimensões: assim como o peso, também leve em conta a embalagem do produto para que não ocorram distorções.
  • Valor do frete: essa informação deve ser obtida junto ao parceiro de transporte (Correios ou transportadora).
  • Prazo de frete: essa informação deve ser obtida junto ao parceiro de transporte (Correios ou transportadora). Garanta precisão máxima ao fornecer esses dados para evitar problemas.

Conclusão: um recurso simples, porém essencial

A tabela de contingência de frete é um recurso que não pode ser ignorado em sua operação de vendas por meio dos marketplaces. É por meio dela que suas vendas serão garantidas em caso de instabilidades na consulta ao banco de dados do canal.

Observe as regras de preenchimento, utilize os modelos disponíveis e faça atualizações periódicas dos dados para evitar surpresas.

Caso sua operação de vendas seja feita pelo Olist, pode ficar tranquilo. Todo o trabalho de gestão de preços e prazo de frete é realizado pela nossa equipe.

Tem outras dúvidas sobre a preparação da tabela de frete? Então envie sua pergunta nos comentários!


+ Nenhum comentário

Adicione o seu