Begin typing your search above and press return to search. Press Esc to cancel.

[CASE] Olist e Lojas Rozinelli: do varejo tradicional para os marketplaces


Olist e Lojas Rozinelli: do varejo tradicional para os marketplaces

Um comércio varejista tradicional, baseado em lojas físicas, com mais de 60 anos de atuação no mercado e que é gerenciado pela mesma família há quatro gerações. Em uma análise preliminar, pode parecer que esse negócio simplesmente não combina com a venda em marketplaces. Mas, graças ao Olist, a lógica foi contrariada.

Situada em Santa Bárbara do Oeste/SP (a 140 quilômetros de São Paulo/SP), a Lojas Rozinelli conseguiu se reinventar e permanecer competitiva graças à venda dentro de grandes e-commerces. Para contar mais detalhes dessa história, conversamos com Filipe Rozinelli, um dos sócios da empresa. Confira!

Contrate o olist agora mesmo

Um negócio de raízes familiares

A história da Lojas Rozinelli começou com o bisavô do empresário, que realizava vendas informais de roupas, alimentos e demais itens. Mas o primeiro registro oficial do negócio veio em 1955, já sob o comando do avô de Filipe. “Nos anos 1990 foi a vez do meu pai assumir a loja e quando completei 14 anos também passei a participar”, contextualiza. O comércio então se concentrou em itens para bebês.

Após um período atuando no apoio ao pai, em 2007 Filipe assumiu a gestão integral de uma nova loja. Paralelamente a isso, buscou formação complementar, com uma graduação em Administração e especializações em gestão, marketing e tecnologia. “Tudo isso serviu como preparação para chegar ao modelo de vendas online”, salienta.

Entrada no e-commerce e contato com marketplaces

Filipe revela que os primeiros anos à frente da loja física não trouxeram o retorno esperado. Foi então que ele decidiu apostar no e-commerce, já em 2010. “A ideia era expandir, acelerar as vendas. Isso ajudou a popularizar a loja, que deixou de ser regional para atender pedidos em todo o país.” No mesmo ano ele também iniciou as vendas por meio do Mercado Livre, com resultados igualmente positivos.

Presença no Olist e efeito nas vendas

A experiência com o e-commerce trouxe uma nova perspectiva para a Lojas Rozinelli, que conseguiu um aumento expressivo nas vendas online. Em meados de 2015, Filipe começou a notar o aumento na popularidade dos marketplaces. Foi assim que ele teve o primeiro contato com o Olist. “Não sabia como vender em vários e-commerces ao mesmo tempo. Comecei a pesquisar e conheci o Olist”, conta. As vendas na plataforma iniciaram em 2016 e desde então os resultados só melhoraram.

“Há muito mais vantagens do que a simples presença em vários marketplaces, como o frete competitivo e a possibilidade de participar de campanhas de vendas nos canais”, exemplifica. O time do Olist mantém contato constante com os lojistas para identificar boas oportunidades de venda e negociar a exposição das ofertas nas grandes varejistas.

O investimento na plataforma também ajudou a fortalecer a loja durante um período de queda nas vendas. “A situação econômica do país afetou o desempenho comercial, mas conseguimos reagir sobretudo pela presença nos marketplaces”, destaca. Hoje a Lojas Rozinelli já acumula mais de duas mil vendas por meio do Olist.

Otimismo para o futuro no e-commerce

A boa performance nas vendas deixa Filipe entusiasmado quanto ao futuro utilizando o Olist. “Hoje temos cerca de 15 mil itens à venda na loja física, mas apenas 5% desse total está cadastrado na plataforma. Isso representa uma oportunidade de vender ainda mais, colocando mais produtos”, projeta. Além dos itens para bebês, o empresário também aposta na venda de artigos como malas e cobertores.

Para sustentar o crescimento, Filipe aposta em funcionalidades complementares da plataforma, como a integração com o ERP Bling. “Além disso, recursos como o controle dos repasses funcionam incrivelmente bem. Já recebi até contato de profissionais do Olist para coletar sugestões de melhorias, o que também é muito positivo”, comenta.

A expansão também não vai exigir grandes investimentos. O empresário explica que a equipe dedicada à operação nos marketplaces é enxuta, com apenas 5 pessoas, gerenciando tarefas que vão desde o cadastro de produtos até a gestão financeira e pós-venda.

Conclusão: como a Lojas Rozinelli deu certo no Olist

O Olist é um poderoso aliado para ampliar as vendas de qualquer negócio, mas é preciso que o lojista também busque condições favoráveis. Isso explica o êxito da Lojas Rozinelli nas vendas por meio da plataforma. Além disso, vale destacar outros fatores:

  • Experiência no varejo: a longa experiência no varejo certamente contribuiu para a boa performance da Lojas Rozinelli, já que os sócios conseguem identificar facilmente tendências de venda e oportunidades comerciais.
  • Disposição para inovar: mesmo se tratando de um negócio familiar e tradicional, isso não significa que ele ficou parado no tempo. A empresa soube identificar e participar das transformações do varejo brasileiro, primeiro no e-commerce e depois nos marketplaces.
  • Expansão gradual: ao entrar no Olist, a Lojas Rozinelli buscou uma aceleração gradual, cadastrando poucos produtos com grande potencial de vendas. Agora que a operação já está dominada, o foco é um crescimento por meio do aumento do portfólio.
  • Equipe dedicada: a loja possui profissionais dedicados a tarefas como gerenciar pedidos, faturar, embalar, postar e administrar o pós-venda. Isso garante uma operação estável e reduz o índice de reclamação dos consumidores.
  • Competitividade: frequentemente a Lojas Rozinelli está presente em campanhas de venda nos grandes marketplaces. O Olist possui um time dedicado para articular essa participação, mas isso só é possível caso a loja seja capaz de praticar preços competitivos, com profundidade de estoque.

Ficha técnica

Empresa: Lojas Rozinelli

Entrevistado: Filipe Rozinelli, sócio

Está no Olist desde: Novembro de 2016

Quer vender mais produtos de bebês assim como a Lojas Rozinelli? Então confira essa lista com bons produtos de bebês para venda online!  


 

[CASE] Olist e Lojas Rozinelli: do varejo tradicional para os marketplaces
5 (100%) 8 votos

+ Nenhum comentário

Adicione o seu