Perfil: você é um lojista medíocre, bom ou fora da curva?


Perfil: você é um lojista medíocre, bom ou fora da curva?
5 (100%) 2 votos

Perfil: você é um lojista mau, bom ou excelente?

“As pessoas sempre culpam as circunstâncias por aquilo que são. Eu não acredito em circunstâncias: os indivíduos de sucesso são aqueles que buscam as circunstâncias que desejam; e, se não as encontram, criam-nas. ”

O que essa frase, atribuída a George Bernard Shaw, tem a ver com e-commerce?

Existem muitos empreendedores que conduzem as vendas online na exata situação descrita por George Bernard Shaw. Reclamam dos resultados, demonstram desilusão com o e-commerce e disparam críticas a plataformas e serviços.

No entanto, em muitos casos toda essa frustração é fruto da próprio comportamento desses lojistas. Há uma expectativa de que tudo ocorra magicamente e passivamente, sem uma contrapartida de esforço e dedicação.

Na prática, a rotina de um e-commerce é mito diferente. Há uma infinidade de tarefas que precisam ser gerenciadas e otimizadas, tais como: logística, marketing, gestão de vendas, finanças, etc. Além de executar essas tarefas com eficiência, é necessário realizar um auto aprimoramento constante, buscando as melhores práticas disponíveis.

Se você está frustrado com os resultados do seu negócio, preparamos um post que permite uma autoavaliação. Assim você pode avaliar se as circunstâncias são realmente um problema ou se você pode melhorar em algum aspecto. Vamos lá? 

contrate o olist agora mesmo

badges_mauGeralmente, o insucesso de uma loja virtual se deve à incapacidade dos empreendedores em conduzir de forma eficiente seu próprio negócio. Falta de gerenciamento, gestão ruim de materiais, má administração financeira e de estoque estão entre os principais motivos para o fracasso nesse tipo de atividade.

Na maioria das vezes, maus empreendedores possuem personalidades reativas, o que acaba prejudicando de maneira significativa o amadurecimento e o crescimento da loja. Costumam ser teimosos, acham que não precisam de ajuda e não buscam por informações que os auxiliem a compreender como o processo de compra funciona.

Os maus empreendedores são imediatistas e desconhecem os resultados que as estratégias de marketing digital podem gerar no longo prazo, tais como aumento de conversões, maior visibilidade no ambiente digital e aumento nas vendas.

Empreendedores com esse perfil dificilmente conseguirão se destacar da concorrência, pois estarão sempre nos bastidores, acomodados e decepcionados com seus próprios resultados.

badges_bom

Para que uma empresa de comércio eletrônico alcance sucesso, é preciso ter um bom empreendedor por trás de suas estratégias de vendas. Cabe a ele coordenar o trabalho de outros profissionais que atuam na loja, como o analista de TI, profissionais de atendimento, designers e programadores.

Um bom empreendedor deve estar familiarizado com todo o processo de gestão — incluindo os funcionários, vendas, administração e marketing. Além de entender todas as responsabilidades e funções de cada departamento, ele deve atuar como um facilitador para que todo o processo operacional da empresa funcione de maneira prática e eficiente.

Mesmo com as grandes responsabilidades do dia a dia, o bom empreendedor não deve perder seu foco principal: os clientes. Ele sempre busca meios de gerar o máximo valor para eles, preocupando-se com a experiência de compra e o pós-venda, desde o acesso ao site até o recebimento do produto.

badges_excelente

Aqueles que desejam realizar um trabalho de gestão excelente sabem que esse processo é contínuo. Por essa razão eles se mostram abertos a inovações, testando novas plataformas e canais de venda.

Quando os resultados ficam abaixo do esperado, a primeira reação é entender se há algum ponto de melhoria. Para isso a interação com especialistas e outros lojistas é um aspecto fundamental.

Excelentes lojistas estão atentos ao que há de vanguarda em termos de logística, marketing, gestão e vendas. Para isso eles consomem os melhores conteúdos e fontes de referência do setor. Mas isso é feito sem vislumbre, sem se render a qualquer novidade extraordinária que ainda não esteja validada pelo mercado

Por fim, esses empreendedores têm foco total no cliente. A experiência de compra é otimizada desde a usabilidade até o recebimento do produto, com embalagens qualificadas e mensagens de agradecimento. Esses lojistas até toleram um pouco de prejuízo caso isso ajude a preservar o cliente, pois eles conhecem o valor da fidelização.

Em resumo, excelentes empreendedores são hábeis em descobrir as melhores oportunidades para tornar qualquer negócio um sucesso no mercado.

Conclusão

Para terminar, lançamos outra citação, atribuída a Aristóteles: “Nós somos aquilo que repetidamente fazemos. Excelência, portanto, não é um ato, mas um hábito”.

Se você está insatisfeito com os resultados do seu negócio, pode ser que a excelência ainda não faça parte da sua rotina. Com base no que foi apresentado neste post, faça sua autoavaliação.

Será que você já está realizando um trabalho excelente ou ainda precisa de mais dicas para loja virtual? Pense um pouco e busque ser excepcional naquilo que faz. Quem mais vai ganhar com isso é você mesmo.


Quer aprofundar seu diagnóstico sobre e-commerce? Então responda esse quiz sobre vendas online que nós preparamos sobre o assunto. 

+ Nenhum comentário

Adicione o seu