Quer vender na Black Friday e lucrar mais? Comece a se preparar agora!


Quer vender na Black Friday e lucrar mais? Entre agora nos marketplaces!

Realizada pela primeira vez em 2010, a Black Friday ainda é um fenômeno recente no Brasil, mas que já caiu nas graças de consumidores e lojistas. A data é a segunda ocasião mais importante para o comércio nacional, sendo superada apenas pelas vendas de Natal.

Na última edição o evento movimentou R$ 1,64 bilhão, conforme dados da consultoria E-bit. O ticket médio do período também foi maior do ano, próximo a R$ 580 por cliente. O faturamento fica ainda maior, R$ 1,93 bilhão, levando-se em conta o desempenho da Cyber Monday, que ocorre no mesmo período.

O potencial da data tem motivado muitos comerciantes a entrarem em marketplaces para vender na Black Friday. Mas embora o evento aconteça apenas em novembro, os interessados em pegar carona nessas vendas precisam se preparar desde já. Listamos abaixo os principais motivos para se antecipar.

Começar a vender nos marketplaces leva tempo

A negociação direta com os marketplaces não é rápida, pois o lojista precisa apresentar diversos documentos e cumprir vários pré-requisitos. Em média esse processo dura 6 meses, sem garantia de aprovação. Não é possível contornar esse prazo nem mesmo utilizando os integradores.

Após esse período ainda é necessário planejar sua estratégia de venda. Isso envolve desde a seleção dos melhores produtos até a definição de preços e a gestão de estoque. Como a Black Friday acontece em novembro, você já está atrasado!

contrate o olist agora mesmo

A aprovação dos seus produtos não é imediata

Milhares de lojistas cadastram diariamente novos produtos para vender nos marketplaces. Como todos os anúncios precisam ser aprovados antes de serem publicados nos sites dos varejistas, a divulgação não é imediata.

Não existe meio de acelerar esse processo. Sendo assim, ao se antecipar e iniciar as vendas o quanto antes, o lojista garante que seus produtos já estejam disponíveis para compra durante a Black Friday.

É preciso construir uma reputação

De nada adianta estar nos marketplaces durante a Black Friday se os produtos anunciados não ganharem visibilidade. Há vários pré-requisitos para ganhar a buy box, sendo a reputação um dos itens mais relevantes.

O único caminho para conquistar uma boa reputação é acumular um conjunto de vendas bem-sucedidas. Isso leva tempo e um grande investimento para proporcionar um atendimento de qualidade aos clientes.

Você tem mais tempo para se preparar

O pico de vendas durante a Black Friday exige que o lojista possua um volume considerável de produtos em estoque, além de uma infraestrutura que permita o envio rápido dos pedidos.

Começando a vender o quanto antes o lojista tem condições de se preparar para esse período crítico, evitando imprevistos. Além disso, é possível antecipar as negociações com fornecedores, o que fará a diferença na hora de conceder descontos nos produtos anunciados.

É possível correr atrás do tempo perdido?

A resposta é: sim! Os desafios listados acima podem fazer muitos lojistas desistirem da venda em marketplaces. Mas utilizado o Olist é possível acelerar todo esse processo.

vantagens do olist frente aos integradores

O acesso aos marketplaces pode ser conquistado em aproximadamente 30 dias, contando com o apoio de uma equipe especializada em vendas online. Além disso os anúncios recebem toda a credibilidade que a Olist já conquistou nos canais de venda, o que favorece a conquista da buy box.

Conclusão

A Black Friday acontece apenas em novembro, mas quem deseja aproveitar o período para vender mais deve estar preparado desde já. Usando o Olist é possível pular algumas etapas e conquistar mais tempo livre para otimizar outras etapas do negócio. Com isso você pode pegar carona no sucesso dos marketplaces.

Você ainda tem dúvidas sobre como vender na Black Friday 2016? Compartilhe suas dúvidas nos comentários. E se você quer começar a vender em marketplaces não deixe de ler nosso e-book Vender em marketplace – o que é e como fazer.


+ Nenhum comentário

Adicione o seu