Saiba como não ter a conta suspensa ou bloqueada no Mercado Livre


Saiba como não ter a conta suspensa ou bloqueada no Mercado Livre
5 (100%) 4 votos

Saiba como não ter a conta suspensa ou bloqueada no Mercado Livre

Ter uma conta suspensa, bloqueada ou inabilitada no Mercado Livre é o grande terror de muitos lojistas.

Os prejuízos para o negócio podem ser múltiplos: restrição de compras e vendas, bloqueio de pagamentos, impossibilidade de criar novos anúncios e até mesmo o banimento da plataforma.

Conforme a gravidade da situação, essa suspensão pode ocorrer de forma repentina, sem qualquer alerta ou advertência antecipada.

Isso visa garantir a segurança para os consumidores e a credibilidade da plataforma.

Em muitos casos o bloqueio é causado por puro descuido ou desconhecimento do lojista acerca das regras vigentes no canal de venda.

Por essa razão, quem vende no Mercado Livre deve conhecer em detalhes as principais regras do serviço, bem como as situações mais comuns de bloqueio.

Se você ainda não tem 100% de clareza sobre este tema, continue a leitura deste post.

Entenda e aceite as regras de uso

Ao realizar um cadastro no Mercado Livre todos os usuários aceitam os Termos e Condições de Uso da plataforma, que definem todos os direitos e deveres de seus integrantes.

Essas regras preveem a possibilidade de bloqueio de um usuário em determinadas situações, conforme indica o trecho abaixo:

“O MercadoLivre, em razão de violação à legislação em vigor ou aos termos e condições gerais de uso do MercadoLivre, conforme a situação, poderá, sem prejuízo de outras medidas, recusar qualquer solicitação de cadastro, advertir, suspender, temporária ou definitivamente, a conta de um usuário, seus anúncios ou aplicar uma sanção que impacte negativamente sua reputação”

Assim, nenhum usuário pode se fazer de vítima frente a um eventual bloqueio da loja no Mercado Livre.

As práticas que podem resultar na suspensão ou inativação da loja também são apresentadas no documento. Listamos os erros mais comuns a seguir: 

1) Venda de produtos proibidos

O Mercado Livre possui uma lista de produtos cuja venda é proibida para qualquer lojista.

Essa tabela recebe atualizações frequentes e possui determinadas exceções. Os principais itens com restrição são os seguintes:

  • Tabaco e produtos relacionados
  • Armas, munições e material explosivo
  • Máquinas sem equipamentos de segurança
  • Narcóticos e substâncias proibidas
  • Propriedade roubada
  • Ossos, órgãos e membros humanos
  • Flora, fauna e derivados
  • Fogos de artifício
  • Produtos e serviços financeiros
  • Passagens aéreas, milhas ou pontos de companhias aéreas e pacotes turísticos
  • Listas de e-mail e base de dados pessoais
  • Decodificadores e antenas
  • Patrimônio histórico, cultural, arqueológico e paleontológico
  • Programas ou serviços para hackear dispositivos eletrônicos
  • Loterias e rifas
  • Inseticidas
  • Cerol
  • Eletroestimuladores e aparelhos de ginástica passiva
  • Transferidor de gás
  • Sátiras
  • Purificador de água
  • Seguros

Ao colocar à venda qualquer um desse itens proibidos, a loja em questão pode ser denunciada, resultando no bloqueio das vendas.

Por essa razão, é fundamental estudar a lista acima em detalhes antes de produzir os primeiros anúncios.

contrate o olist agora mesmo

2) Uso de várias contas

O Mercado Livre não permite que um mesmo usuário negocie com diferentes contas.

Isso visa evitar, entre outras coisas, a manipulação de dados, como a troca de avaliações, por exemplo.

A empresa possui uma série de algoritmos que fazem cruzamentos de dados sobre as contas e visam identificar padrões de interação, possibilitando a identificação de múltiplas contas rapidamente.

Caso seja localizado mais de um usuário para a mesma pessoa, a conta será suspensa.

3) Excesso de reclamações dos usuários

A cada compra efetivada o cliente pode fornecer um comentário sobre o lojista e, em caso de problemas, abrir uma reclamação.

Isso visa proteger outros consumidores em relação à quantidade, qualidade e confiabilidade de negociações concretizadas pela empresa.

Com base nesses critérios, se uma loja acumula um volume porcentual muito grande de reclamações (total de vendas concretizadas dividido pelo total de reclamações), ela pode ser bloqueada no Mercado Livre.

Só será possível reverter esse bloqueio mediante a resolução comprovada das ocorrências junto ao Mercado Livre.

4) Falhas no processo de compra ou venda

Se uma mesma conta é utilizada para compras e vendas por meio do Mercado Livre, o cuidado precisa ser reforçado.

Caso uma compra seja efetivada e depois o usuário desista da aquisição, o cadastro será advertido e, em caso de reincidência, a conta poderá ser suspensa.

O mesmo vale para as vendas. Problemas como atraso ou ausência de envio, produtos fora da condição anunciada, ou demais problemas que resultem em críticas e avaliações negativas podem gerar o bloqueio imediato da loja.

canvas olist

5) Erros na comunicação com usuários

O Mercado Livre permite que compradores e vendedores interajam por meio do canal de mensagens. Mas a comunicação dentro desse espaço também deve respeitar determinadas regras.

O uso de linguagem agressiva ou inadequada nas mensagens ou na página de anúncio pode resultar na suspensão temporária ou definitiva da loja virtual.

O mesmo vale para a divulgação de dados pessoais como telefone, email ou link para loja, visando efetivar a venda fora do Mercado Livre

6) Cadastro inadequado de produtos 

O Mercado Livre possui uma série de critérios para a produção dos anúncios em termos de títulos, fotos e descrições. Em alguns casos descumprir essas regras apenas vai prejudicar a visibilidade do anúncio, mas em outros ele também pode gerar suspensão.

Algumas práticas proibidas são: inserção de códigos de rastreio dos usuários, links para páginas externas, solicitação de dados dos usuários, exigência de compras mínimas, políticas diferenciadas de preço para pagamento via MercadoPago, entre outros.

7) Problemas no email de contato

O Mercado Livre envia atualizações sobre produtos, preços e pedidos por email.

Quando o endereço de email apresenta problemas para receber mensagens, a conta do usuário pode ser suspensa até que um novo endereço seja apresentado.

8) Atraso ou não pagamento de faturas 

O Mercado Livre pode solicitar o pagamento das taxas pelas vendas concretizadas por meio de uma fatura. Há um prazo de cinco dias entre o aviso do faturamento e a data de vencimento da fatura.

Caso não haja quitação do saldo devedor, o usuário ficará suspenso até que o valor devido seja pago. Nesse intervalo todos os anúncios serão cancelados e vão ficar fora do ar.

9) Demais práticas vedadas

Existem outros fatores que podem resultar no bloqueio do usuário dentro do Mercado Livre, listados abaixo:

  • Manipulação dos preços de produtos anunciados
  • Interferência nas negociações de outros usuários
  • Criação de mais de um anúncio para o mesmo produto dentro das mesmas condições comerciais
  • Usuários menores de idade

Conclusão

O Mercado Livre é altamente criterioso quanto à postura dos lojistas dentro da plataforma. Por essa razão, qualquer deslize pode resultar na suspensão ou banimento sumário da loja.

Em caso de banimento é possível solicitar ao Mercado Livre a revisão do caso, porém sem garantia de êxito. Também não há qualquer reparação pelos anúncios bloqueados e o período sem vendas.

Sendo assim, conhecer em detalhes as regras e agir com idoneidade são aspectos fundamentais para a longevidade da loja online dentro deste canal de venda.


Ainda tem dúvidas sobre como funcionam as regras do Mercado Livre? Então confira esse posts com dicas para você otimizar a reputação da sua loja.

5 Comentários

Adicione o seu
    • 2
      Igor Castanho

      Ola Marcelo, tudo bem? Excelente pergunta!
      Nesse caso você pode manter as duas contas sem problemas.
      As restrições do Mercado Livre valem para um usuário que tenha duas contas vinculadas ao mesmo CPF ou CNPJ, por exemplo. Com uma conta própria e uma conta no Olist não há qualquer problema :)
      Se tiver outras dúvidas basta entrar em contato.
      Abraço!

  1. 3
    Ana Oliveira

    Eu tentei vender as bijuterias que minha pequena fábrica produz.Segui todas as regras e tenho cnpj,não havia contatos e apesar de tudo certo,minha página foi excluida.

  2. 5
    Edielson Braga

    Olá amigos, sou vendedor no ML e vendo produtos que são enviados direto do exterior para a casa do cliente. O fato é que os produtos enviados de fora demoram um pouco mais pra chegar e consequentemente o prazo pra qualificação tb não suporta o tmepo de entrega. Pois bem.. vendi alguns produtos no ML, eles foram entregues e mesmo assim os clientes me recomendaram, etc. Não tenho nenhuma reclamação, e mesmo com asism o ML me bloqueou. E o pior é que não consigo contactar. Eles pediram uma planilha com minhas vendas e nr de rastreamento, etc. jáenviei duas vezes e eles mão respondem. A comunicação com eles é muito complicada. Tenho um bom valor pra retirar e não consigo. O que fazer?

+ Deixe um Comentário