Vendas em marketplaces: 5 notícias que vão te deixar animado


Vendas em marketplaces: 5 notícias que vão te deixar animado
5 (100%) 1 voto

Vendas em marketplaces: 5 notícias que vão te deixar animado

Quem atua no segmento do comércio eletrônico sabe que as discussões sobre vender em marketplaces estão cada dia mais recorrentes.

Entretanto, muitas pessoas ainda ficam na dúvida se essa é apenas uma onda passageira ou uma modalidade de negócio que veio para ficar.

Trata-se de um questionamento natural, pois a popularização dos marketplaces ainda é um fenômeno recente, que ganhou força nos últimos 5 anos.

Para responder essa pergunta, já derrubamos aqui no blog Universo Marketplace alguns mitos sobre esses canais de venda.

E, para continuar mostrando que os marketplaces vieram para ficar, apresentamos uma série de notícias que comprovam a força desse mercado e como ele tem ajudado centenas de empresas a lucrarem muito mais. Confira!

contrate o olist agora mesmo

1) Produtos específicos para grandes portais de varejo são sucesso de vendas

Veiculada na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios, essa reportagem explica por que os marketplaces são uma excelente opção para pequenas e médias empresas.

A matéria cita o case de uma empresa que conseguiu ampliar o faturamento em 500% e outra que cresceu 98% após aderir a esse canal de venda.

Também são apresentadas dicas sobre como obter sucesso nos marketplaces, como a aposta em um portfólio de produtos consistente e uma estrutura eficiente de logística e atendimento aos consumidores.

Link para a matéria: http://snip.ly/3mcpo

2) De Magazine Luiza a Netshoes, todas querem ser marketplace

Publicada na revista Exame, a matéria revela que na esteira de grupos como a B2W e a Cnova, empresas como o Magazine Luiza e o Netshoes apostem em um crescimento lastreado nesse modelo de negócio.

Fatores como a mudança no comportamento dos jovens tem favorecido o crescimento do modelo de negócio dos marketplaces. Além disso, os lojistas também saem beneficiados, pois os gastos com abertura da loja, manutenção e marketing caem drasticamente.

Link para a matéria: http://snip.ly/59l5m

venda_mais_com_olist3) Lojas online correm para vender de tudo e, enfim, ter lucro

Em outra reportagem sobre o tema, a revista Exame, detalha como várias redes varejistas estão investindo nesse modelo de venda como estratégia para fortalecer as vendas online.

Somente em 2014 os marketplaces dos grupos B2W, Cnova e Walmart faturaram R$ 9 bilhões, ou 50% mais do que no ano anterior. Em todos os grupos existem metas agressivas de crescimento nos próximos anos.

O texto também aponta que a viabilidade do modelo vai depender da eficiência logística e da qualidade de atendimento dos lojistas.

Link para a matéria: http://snip.ly/l3iq9

4) Países em desenvolvimento precisam aproveitar mercado de e-commerce, diz UNCTAD

Divulgada pela assessoria de comunicação da Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD), essa matéria mostra como o comércio eletrônico pode ajudar a promover o desenvolvimento econômico nos países em desenvolvimento.

O texto cita que o Brasil ocupa o sexto lugar em número de compradores (33 milhões), mas o faturamento ainda é considerado baixo, de US$ 12 bilhões em 2015.

Como trata-se de um setor que gera riqueza e empregos, a entidade criou um programa que visa oferecer todo o suporte para o fortalecimento da atividade.

Link para a matéria: http://snip.ly/cipq2

5) Empreendedores apostam em marketplaces de redes 

A reportagem do Jornal Extra destaca como centenas de pequenas e médias empresas tem investido nesse modelo de venda e ampliado os lucros. Cumprindo pré-requisitos como a emissão de notas fiscais, entregas em todo o território nacional e uma empresa formalizada a maioria das empresas é aceita pelos canais de venda.

A matéria também destaca que uma análise precisa de custos é fundamental para o sucesso do negócio. Isso inclui a mensuração dos gastos operacionais e também das comissões cobradas pelos grandes sites.

Link para a matéria: http://snip.ly/55n4k


+ Nenhum comentário

Adicione o seu